Home EconomiaInflação Preço da carne bovina cai, mas diferença não chega ao consumidor

Preço da carne bovina cai, mas diferença não chega ao consumidor

Por AdrianoSantos
0 comentário 67 visualizações

Com a suspensão da compra de carne bovina brasileira pela China, a exportação total dessa proteína despencou 43% no mês de outubro, segundo dados da Secex (Secretaria de Comércio Exterior) obtidos pela Folha de S. Paulo.

De janeiro a setembro deste ano, a China comprou 65% da carne bovina congelada e desossada exportada pelo Brasil.

Desde a confirmação da ocorrência de 2 casos de vaca louca pelo Ministério da Agricultura, no começo de setembro, as exportações foram suspensas.

Em outubro, o valor médio da tonelada de carne bovina brasileira caiu 8% em relação ao mês anterior. Mesmo com a queda, o preço da carne está 26% mais caro do que em outubro de 2020.

O valor da arroba de boi gordo tem sido o mais impactado desde que a China deixou de comprar do Brasil. De acordo com o Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), o preço está em R$ 270 em São Paulo, que é 13% inferior ao mês passado.

A arroba do boi gordo era vendida no Brasil a US$ 65 no final de junho. Atualmente está em US$ 49.

Apesar da queda, o efeito ainda não foi sentido pelo consumidor. Quando o valor sobe, a alta nas prateleiras do mercado é quase imediata, mas quando desce, o recuo pode levar até 8 semanas.

OUTRAS CARNES

A exportação do frango está em 18.500 toneladas por dia útil neste mês, o mesmo volume de setembro e 25% mais do que em outubro do ano passado.

A venda de carne suína para outros países também recuou. Em outubro, ela está 12% menor do que em setembro. No mês passado, a exportação dessa proteína superou 100 mil toneladas em 1 único mês pela 1ª vez na história.

VACA LOUCA

O ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou, no dia 4 de setembro, a suspensão das exportações de carne bovina à China depois da confirmação de 2 casos atípicos de EBB (Encefalopatia Espongiforme Bovina) –conhecida como o “mal da vaca louca”.

Um dos casos foi confirmado em Belo Horizonte (MG) e outro em Nova Canaã do Norte (MT). O Brasil e a China têm um protocolo sanitário que exige a suspensão imediata das exportações de carne bovina nesses casos.

A interrupção é temporária e não costuma durar mais do que 15 dias, o que não aconteceu desta vez. A data para a retomada das exportações não foi estabelecida.

Related Articles

Deixe um comentário