Vaquinha bolsonarista ajuda a pagar multa de punidos por não usar máscara

Atraso na conta de luz, água ou gás é 22% do endividamento, diz Serasa
21 de junho de 2021
‘Continuamos a repetir erros básicos de manejo da pandemia’, diz Nicolelis
21 de junho de 2021

Vaquinha bolsonarista ajuda a pagar multa de punidos por não usar máscara

Ouça a matéria aqui!

A vaquinha organizada por deputados bolsonaristas para pagar multas por andarem sem máscara atingiu a meta estabelecida, de R$ 50.000. O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), um dos organizadores da arrecadação, disse que o objetivo agora é alcançar R$ 100 mil.

Até as 9h10 desta 2ª feira (21.jun.2021), já foram arrecadados R$ 67.040,56.

O governo do Estado de São Paulo multou o presidente Jair Bolsonaro por não usar máscara e provocar aglomeração em ato político junto a motoqueiros, chamado de “motociata”, na capital paulista, em 12 de junho. O valor da autuação é de R$ 552,71.

Eduardo Bolsonaro e os deputados Carla Zambelli (PSL-SP) e Hélio Lopes (PSL-RJ), organizadores da arrecadação on-line, e o ministro Tarcísio Gomes (Infraestrutura) também foram autuados.

Além de pagar pelas autuações, o valor da vaquinha, chamada de “Multa Solidária”, vai ser usado para comprar “mantimentos ou cestas básicas para alguma instituição ou entidade sem fins lucrativos”.

As instituições que serão beneficiadas não foram explicitadas no vídeo feito para divulgá-la. Na descrição no Youtube, o deputado Eduardo Bolsonaro pede sugestões de locais que possam receber o valor excedente.

O valor arrecadado vai ser usado para pagar essas multas e nós vamos comprar com o valor excedente mantimentos no Ceagesp e doar esses mantimentos para instituições de caridade que ajudem pessoas que foram afetadas pelo fechamento dos comércios”, disse Carla Zambelli no vídeo.

A deputada afirmou que os deputados autuados depositariam o valor da multa na vaquinha. “Vamos fazer desta politicagem desse ditadorzinho algo de bom”, falou, referindo-se ao governador de São Paulo, João Doria (PSDB).
Em publicação feita na noite desse domingo (20.jun.2021) no Twitter, Eduardo Bolsonaro declarou que “em breve” divulgará “detalhes sobre as destinações e datas de entrega”.

Visualizações: 137

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *