Home Sem categoria TIM anuncia testes de 5G em São Paulo e no Rio de Janeiro

TIM anuncia testes de 5G em São Paulo e no Rio de Janeiro

Por AdrianoSantos
0 comentário 4 visualizações

A TIM anunciou 2 novos testes da tecnologia 5G Stand Alone (conhecido como 5G puro) nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. Os 2 pilotos serão utilizados para avaliações técnicas da própria rede e de suas funcionalidades, como agregação de frequências, compartilhamento de rede e conexões de dados em baixíssima latência.

Os testes serão em formato POC (Prova de Conceito). A iniciativa faz parte de uma série de testes realizados pela operadora em 2021 e iniciados em maio, em Brasília, durante o Digital Day, e em Rondonópolis (MT), em demonstração de aplicações do 5G para o agronegócio.

Os pilotos acontecem no Brooklin, zona Sul de São Paulo, e na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, e servirão para preparar a expansão de rede de 5ª geração depois do leilão de frequências.

“Estamos reforçando os pilotos do 5G Stand Alone, que será a tecnologia adotada oficialmente no Brasil, e já alcançamos velocidades superiores a 1.5Gbps, muito maiores do que as disponíveis em 4G. Os testes mostram a efetividade dessa tecnologia e as possibilidades que ela pode trazer para diferentes setores, beneficiando toda a sociedade e o desenvolvimento do país”, afirmou Marco Di Costanzo, diretor de Engenharia e Implementação de Rede da TIM.

Os novos testes de campo fazem parte de uma série de 20 iniciativas anunciada pelo Ministério das Comunicações em maio e relacionadas ao 5G Stand Alone, o padrão definido pelo governo federal para implementação de rede no país.

Nesta 2ª feira (13.set.2021), o Conselho Diretor da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) realiza uma reunião extraordinária às 15h para definir ajustes no edital de licitação das frequências de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz, o “Leilão de 5G”.

A licitação das radiofrequências será a maior oferta de espectro da história da Anatel. O edital foi encaminhado em 12 de novembro de 2020 para deliberação pelo Conselho Diretor. Em 25 de fevereiro de 2021, a proposta foi aprovada pelo colegiado e, em seguida, encaminhada à apreciação do Tribunal de Contas da União (TCU) — que deliberou sua aprovação em 25 de agosto de 2021.

Related Articles

Deixe um comentário