Grupo suspeito de formar milícia é preso pela Polícia Civil no interior do RN

Deputado bolsonarista, Sargento Fahur ironiza babá que denunciou o vereador Jairinho: “Vai falar que ele mordia”
abril 27, 2021
Ministro Fabio Faria é cotado para vice de Bolsonaro em 2022
abril 27, 2021

Grupo suspeito de formar milícia é preso pela Polícia Civil no interior do RN

Arma e outros objetos apreendidos com o grupo suspeito de integrar milícia em Bom Jesus, no RN — Foto

Ouça a matéria aqui!

Segundo delegado, o grupo é suspeito de extorquir moradores e comerciantes de cidades do Agreste potiguar para oferecer segurança armada. Eles foram detidos com carro roubado.

Um grupo suspeito de formar uma milícia armada e extorquir moradores e comerciantes de cidades da região Agreste potiguar foi detido nesta segunda-feira (26) pela Polícia Civil. Cinco pessoas foram conduzidas para a delegacia, quatro delas suspeitas de integrar o grupo.

Os homens estavam em um carro roubado e foram presos na cidade de Bom Jesus, distante 52 quilômetros de Natal.

A Polícia Civil encontrou armas de fogo, capas de colete balístico, pistola taser, uma luz intermitente, além de porções de maconha e celulares com os suspeitos.

“Esse grupo exerceria uma atividade de segurança privada armada, mas sem regulamentação da Polícia Federal e havia uma certa intimidação para que as pessoas contribuíssem para essa proteção oferecida por eles”, afirmou o delegado Cidórgeton Pinheiro.

De acordo com a investigação da Polícia Civil, o grupo suspeito de extorsão agia em duas cidades da região Agreste: Bom Jesus e São Pedro do Potengi.

“Nós temos confirmação de que alguns comerciantes e empresários ofereciam recursos em contraprestação ao serviço de segurança, mas que outros não aceitavam e havia certa intimidação para que houvesse esse pagamento. Vamos tentar colher esses elementos, essas testemunhas, para que, comprovado, eles respondam também por extorsão”, pontuou.

Visualizações: 38

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *