Solicitações de leitos de UTI para Covid caem 74% em 40 dias no RN

Justiça suspende vacinação contra Covid de trabalhadores da imprensa e do Sistema Único de Assistência Social
7 de julho de 2021
Governo e municípios discutem implantação de Consórcios de Saúde no Rio Grande do Norte até 2022
7 de julho de 2021

Solicitações de leitos de UTI para Covid caem 74% em 40 dias no RN

Ouça a matéria aqui!

Estado caiu de 156 solicitações em 26 de maio para 40 nesta terça-feira (6).

Em cerca de 40 dias, o número de solicitações de leitos de UTI para Covid-19 caiu 74% no Rio Grande do Norte. Os dados são do sistema Regula RN, usado na administração dos leitos públicos.

O estado chegou ao pico de solicitações no dia 26 de maio, quando o sistema de saúde abriu pedidos para internação de 156 pacientes em um único dia. Naquele período, havia fila de espera por leitos na rede pública.

Nesta terça-feira (6), o estado registrou apenas 40 pedidos – média vista pela última vez, no estado, em janeiro deste ano. Na manhã desta quarta-feira (7), o estado tinha mais de 170 vagas disponíveis e a taxa de ocupação de leitos era de 55,9%. A taxa de ocupação atual é a menor do ano.

Porém, o número de solicitações ainda é maior que em outros períodos, como novembro de 2020, quando o estado chegou a registrar apenas 20 solicitações.

Com a redução dos índices da pandemia desde o fim do último mês de junho, o estado ampliou a flexibilização das medidas de prevenção à Covid-19 e suspendeu o toque de recolher no estado.

As autoridades do estado atribuíram a melhora do quadro à vacinação da população. “Até o momento, foram aplicadas 1.684.086 doses das vacinas contra a covid-19”, informou o governo, ao divulgar as novas medidas. Mais de 400 mil pessoas já tomaram as duas doses de vacinas e são consideradas totalmente imunizadas.

A população do estado é estimada em cerca de 3,5 milhão de pessoas.

Gráfico mostra redução das solicitações de leitos Covid-19 no RN nos últimos 40 dias — Foto: Regula RN
Visualizações: 47

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *