Home EducaçãoGreve Sinte vai decidir hoje sobre a continuidade da greve

Sinte vai decidir hoje sobre a continuidade da greve

Por AdrianoSantos
0 comentário 62 visualizações

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Rio Grande do Norte (Sinte/RN) decidirá nesta quarta-feira (15) em assembleia se continua ou encerra a greve iniciada na última sexta-feira (10). De acordo com dados da Secretaria Municipal de Educação, durante os primeiros dias da greve 87% das unidades de ensino estão funcionando e apenas 13% estão paralisadas.

Na tarde desta terça-feira (14), o Sindicato esteve reunido com o prefeito Álvaro Dias, a secretária de Educação, Cristina Diniz Barreto, o secretário Adjunto de Administração Geral, Aldo Fernandes, e secretário de Governo, Joham Xavier, para negociação de reajuste salarial dos professores. Os trabalhadores cobram atualização do piso em 12,84%, relativo ao ano de 2020. Também participaram da discussão vereadores de Natal com o objetivo de mediar as negociações. 

A SME propôs um reajuste de 6,42%, metade do valor devido aos trabalhadores. De acordo com o Sinte, aceitar esse valor, seria ‘rasgar uma lei municipal’ que assegura o reajuste anual. Em vídeo públicado nas redes sociais, o Sinte afirma estar mobilizado e organizado para continuar com a reivindicação.

Segundo a proposta apresentada pela Prefeitura, para os funcionários em atividade, a atualização salarial será de 6,42%. Somado aos proventos, será pago o retroativo de janeiro a novembro imediatamente na folha de dezembro de 2021. Aos inativos a aplicação será da mesma forma, 6,42% implantado a partir de janeiro de 2022, somado ao retroativo de janeiro a dezembro, pago de forma parcelada em 12 vezes, de janeiro a dezembro de 2022. 

De acordo com o prefeito Álvaro Dias, a partir de junho de 2022 haverá uma nova rodada para negociar o restante do valor que compreende o reajuste de 12,84% exigido pela categoria. “Em junho retornaremos para mesa de negociação para conversar novamente sobre novas propostas, respeitando a realidade financeira da prefeitura”, complementou. 

Alguns servidores do Sinte que estavam em assembleia na tarde de hoje, no bairro do Tirol, seguiram a caminho da Prefeitura para acompanhar de perto a audiência com o município e protestou no hall do prédio, enquanto ocorria a reunião.

Segundo Bruno Vital, coordenador do Sinte, “a proposta não contempla a totalidade dos 12,84%”, mas passará por avaliação da categoria em nova assembleia. Bruno afirma que o percentual de  6,42% já foi apresentado antes, entretanto “a novidade é o retroativo em 2021 e a possibilidade de discutir em junho”.

Related Articles

Deixe um comentário