Sikêra Jr. recebeu R$ 120 mil em cachê do governo Bolsonaro

Por reeleição, Bolsonaro pode antecipar saída de metade de ministros
17 de junho de 2021
Carlos Wizard falta à CPI: “Pra que foi ao STF se não vinha?”, diz Omar Aziz
17 de junho de 2021

Sikêra Jr. recebeu R$ 120 mil em cachê do governo Bolsonaro

Ouça a matéria aqui!

Um dos principais defensores do clã presidencial nas telas, o apresentador da Rede TV Sikêra Jr. recebeu R$ 120 mil em cachê do governo Jair Bolsonaro, segundo documentos entregues à CPI do Genocídio pela Secretaria Especial de Comunicação (Secom) da Presidência.

Segundo informações de Constança Rezende e Raquel Lopes, na edição desta quinta-feira (17) da Folha de S.Paulo, a Secom fez sete repasses para a empresa do apresentador, a José Siqueira Barros Junior Produções, entre dezembro do ano passado e abril deste ano.

O pagamento, segundo a Secom, é referente a campanhas publicitárias do governo, entre elas a do Cuidado Precoce para a Covid-19, que incentiva a busca por tratamento com o chamado “kit covid”, com cloroquina e ivermectina.

Em setembro, Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) deixou de comparecer a uma audiência no Ministério Público Federal (MPF) para participar junto com o irmão, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) do programa de Sikêra.

O apresentador da Rede TV também entrevistou Bolsonaro no dia 23 de abril. Na ocasião, Bolsonaro e Sikêra posaram com um “CPF cancelado”, gíria miliciana que significa o extermínio de inimigos. O presidente ainda fez piadas homofóbicas durante sua participação e ameaçou usar as Forças Armadas contra governadores e prefeitos para coibir medidas de isolamento social.

Visualizações: 74

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *