Home Política2022 Sem espaço no União Brasil, General Girão não sabe para onde vai

Sem espaço no União Brasil, General Girão não sabe para onde vai

Por AdrianoSantos
0 comentário 14 visualizações

Deputado federal afirma que deverá assinar filiação em partido que esteja alinhado com o presidente Bolsonaro

Com a fusão do DEM e PSL e a oficialização do novo partido União Brasil, que terá o comando da vice-presidência nacional o ex-senador José Agripino (DEM), que deve comandar o partido aqui no Rio Grande do Norte, não há mais espaço para o deputado federal General Girão (PSL), compartilhar a mesma legenda com Agripino, que já havia adiantado que o general não ficaria no novo partido.

Segundo uma nota oficial enviada nesta quarta-feira (13), por meio de sua assessoria de comunicação, o General Girão explica que antes de “oficializar” a sua decisão de “abandonar” o partido “PSL” conversou com “José Agripino” e deixou bem claro que não existe “desejo” em “participar do União Brasil”. A nota ainda explica que: “O General Girão deve seguir os mesmos passos do presidente da República Jair Bolsonaro e, se filiar no mesmo partido que o presidente decidir migrar. A outra possibilidade é que o deputado federal parta para qualquer outro partido que seja da base aliada ao governo federal. Essa é a expectativa”, declarou, em nota oficial.

Ainda segundo a nota: “Girão ainda não resolveu [para que partido vai]. Ainda há tempo suficiente para que isso aconteça. Não há nada definido, por enquanto”. E prossegue: “Estarei no partido onde o presidente Bolsonaro for se filiar, seja qual for. Mas se houver algum impedimento nesse partido [para o qual eu irei] que atrapalhe o nosso projeto de reeleição [do presidente Jair Bolsonaro], eu seguirei para uma outra sigla que for da base de apoio ao nosso presidente”, destacou a nota.

Houve as articulações entre os líderes das duas legendas, tanto DEM como do PSL, para que a fusão, que resultou no nascimento do União Brasil, deve ser de partido de Centro, podendo marchar em busca de uma terceira via nas eleições de 2022, que pretende tirar o poder das mãos de Jair Bolsonaro e descarta a possibilidade de devolver o poder ao PT, que terá como candidato à presidência o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e esses dois fatos, são determinantes para reduzir à zero as probabilidades de permanência do General Girão no União Brasil, dado que ele quer deseja continuar apoiando o presidente Jair Bolsonaro.

Related Articles

Deixe um comentário