Salles entrega celular à PF 19 dias depois de ser alvo de operação

Perfil falso foi acessado da casa de Bolsonaro e no Palácio do Planalto
junho 7, 2021
Covid: Ocupação de leitos de UTI está acima de 90% em 10 Estados e no DF
junho 7, 2021

Salles entrega celular à PF 19 dias depois de ser alvo de operação

Ouça a matéria aqui!

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, entregou nesta 2ª feira (7.jun.2021) seu celular à PF (Polícia Federal), 19 dias depois de ser alvo de buscas e apreensões na Operação Akuanduba, deflagrada no dia 19 de maio.

Depois a defesa de Salles informou ao STF (Supremo Tribunal Federal) que o ministro entregou voluntariamente à PF o aparelho, que, afirma na petição, não tinha sido requerido.

O informe sobre a entrega do celular ocorreu após o ministro Alexandre de Moraes, relator dos autos da Akuanduba, encaminhar à PGR (Procuradoria-Geral da República) notícia-crime que acusava Salles de obstrução de Justiça. O envio é praxe.

A peça foi elaborada por uma advogada que não tem relação com o caso. Ela citou reportagem do Jornal Nacional exibida no dia 24 de maio pela Rede Globo sobre suposta negativa de Salles em entregar seu aparelho celular.

A Operação Akuanduba apura a suspeita de advocacia administrativa (uso da administração pública para defesa de interesses particulares) e favorecimento de exploração ilegal de madeira na Amazônia. A investigação quebrou os sigilos fiscal e bancário de Salles no mês passado.

O ministro do Meio Ambiente classificou a diligência como “desnecessária” e negou irregularidades.

Visualizações: 52

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *