APÓS DECISÃO DA JUSTIÇA, REGINA DUARTE SE RETRATA POR COMPARTILHAR FAKE NEWS SOBRE MARISA LETÍCIA

Vídeo: Explosão de gás em restaurante deixa uma pessoa gravemente ferida em Belém
maio 8, 2021
RN recebe carga com 15,6 mil doses de Coronavac
maio 8, 2021

APÓS DECISÃO DA JUSTIÇA, REGINA DUARTE SE RETRATA POR COMPARTILHAR FAKE NEWS SOBRE MARISA LETÍCIA

Ouça a matéria aqui!

Regina Duarte se retratou e pediu desculpas por compartilhar uma fake news a respeito do patrimônio de Marisa Letícia, ex-primeira-dama e mulher de Lula, morta em 2017. . A retratação veio após uma decisão da Justiça, cuja sentença também foi publicada pela atriz e ex-secretária especial de Cultura em sua página.

“Nunca foi minha intenção divulgar uma inverdade ou propagar fake news. Infelizmente, neste caso, fui induzida a erro e quero por isso estender, pelo sucedido, um sincero pedido de desculpas à memória de D. Marisa Letícia e a sua familia”, consta de um trecho da postagem da atriz.

Em abril do ano passado, quando ocupava o cargo de secretária nacional de Cultura do governo de Jair Bolsonaro, ela publicou afirmação de que foram encontrados R$ 256 milhões em uma conta da ex-primeira-dama. O valor correto era de R$ 26.281,74. Agora, na retratação, Regina argumenta que, “apesar de ter sido obtida de fontes oficiais públicas e amplamente divulgada por meios de comunicação”, a informação veio a “revelar-se errada e posteriormente corrigida pelos órgãos judiciais relevantes”.

Ela acrescenta ainda que, na época, apagou a publicação quando soube que a informação estava errada. “Quero também esclarecer que se me mantive em silêncio sobre este assunto durante o último ano, foi porque um processo judicial sobre a publicação estava decorrendo. Tive então que aguardar pela sentença que agora foi publicada e que partilharei em sua integralidade na próxima postagem. Enquanto cidadã brasileira e acérrima defensora de um Estado democrático e plural, considero a sentença do Juiz Manuel Eduardo Pedroso Barros paradigmática e exemplar no que remete à defesa da liberdade de expressão e também reveladora sobre o perigo das fake news em nossa sociedade”, diz outro trecho da retratação.

Na sentença, o juiz determinou 15 dias, a partir do dia 26/04, para que a retratação fosse publicada na conta de Regina Duarte no Instagram. Em sua argumentação, o magistrado diz que Regina “propalou fake news a respeito do patrimônio da falecida Marisa Letícia”, mas entendeu que ela foi “induzida a erro” pelo fato de o valor errado ter sido informado pela Justiça, e não concedeu a indenização pedida por Lula e seus filhos. O juiz, porém, considerou que havia necessidade de retratação.

Visualizações: 132

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *