Guerra Híbrida: um projeto militar no Brasil; site explica

Rabo da Gata/Amigos da Doutora sagra se campeão do torneio de futebol comemorativo aos 116 anos de Ouro Branco
19 de julho de 2021
Vídeo: Incêndio atinge prédios na Ceasa em Natal
20 de julho de 2021

Guerra Híbrida: um projeto militar no Brasil; site explica

Ouça a matéria aqui!

Especialistas apontam que partido militar usa teorias de guerra estadunidense para chegar ao poder

O Brasil é alvo de uma estratégia de Guerra Híbrida executada pelo partido militar, é o que apontam alguns analistas, como o antropólogo Piero Leiner, que estuda as Forças Armadas brasileiras desde a década de 1990.

O governo de Jair Bolsonaro tem a maior presença militar desde a ditadura. São 6.755 no total, eles também comandam nove dos 22 ministérios e 224 cargos estratégicos, como a presidência da Petrobrás e dos Correios.

E não é qualquer presença, a maioria dos generais que ocupam cadeiras no Executivo foram comandantes das tropas da questionada Missão de Estabilização e Paz da ONU no Haiti (Minustah).

Durante os anos no Haiti, tornou-se cotidiana a relação entre o generalato brasileiro e os militares do Pentágono, que debatiam novas táticas de guerra contra o “terrorismo”.

O portal BdF faz uma breve retrospectiva histórica destacando alguns fatos políticos que aconteceram no Brasil desde 2013 e os compara com táticas de Guerra Híbrida. 

Visualizações: 34

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *