Programa de Michelle Bolsonaro, Pátria Voluntária gasta R$ 9,3 milhões em publicidade

Índia bate recorde de novos casos de Covid-19 pelo 4° dia consecutivo
abril 25, 2021
Análise: Flamengo faz testes, descansa peças e carimba título protocolar da Taça Guanabara
abril 25, 2021

Programa de Michelle Bolsonaro, Pátria Voluntária gasta R$ 9,3 milhões em publicidade

Ouça a matéria aqui!

Gasto do governo Bolsonaro com publicidade supera em mais de R$ 3 milhões o valor repassado por Michelle Bolsonaro a entidades – a maioria em cestas básicas. TCU investiga “prejuízo ao erário” em doação destinada à compra de testes da Covid que foi parar na conta do programa

Reportagem de André Shalders, na edição deste domingo (25) do jornal O Estado de S.Paulo, revela que à frente do programa Pátria Voluntária, Michelle Bolsonaro gasta mais com dinheiro público fazendo publicidade do que repassa em doações que recebe de empresas públicas para organizações da sociedade civil.

Até o mês de março, o governo Bolsonaro gastou R$ 9,3 milhões em recursos públicos para fazer publicidade do programa, além de pagar R$ 359 mil para manter o site no ar.PUBLICIDADE

O valor supera em mais de R$ 3 milhões o montante – de R$ 5,89 milhões – repassado a entidades que atendem pessoas carentes, a maioria com distribuição de cestas básicas.

Somente na semana passada, Michelle esteve em Presidente Prudente, Araçatuba e São José do Rio Preto, no interior paulista, para visitar instituições de caridade e divulgar o programa, levando sete mil cestas de alimentos.Você pode gostar

Prejuízo ao erário
O Tribunal de Contas da União (TCU) apontou indícios de “potencial prejuízo ao erário” na doação de R$ 7,5 milhões pelo frigorífico Marfrig para o governo federal comprar testes rápidos da Covid-19 que foram parar na conta do programa Pátria Voluntária.

A doação foi feita em 23 de março de 2020 ao Ministério da Saúde “com fim específico de aquisição e aplicação de testes de Covid-19”.

Em julho, após a transferência do dinheiro, o governo Bolsonaro pediu para a empresa para que o dinheiro não fosse utilizado na compra de testes, mas em outras ações da pandemia. Os R$ 7,5 milhões então foram transferidos para o projeto Arrecadação Solidária, que é comandado por Michelle no Pátria Voluntária.

Visualizações: 84

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *