Processo Seletivo de Caicó (RN): justiça dá 72 horas para Judas Tadeu se manifestar

Mortes por Covid no Brasil podiam ter sido evitadas com medidas básicas, dizem Médicos Sem Fronteiras
maio 3, 2021
Compra de vacinas por entidades comerciais do RN é negada por Justiça Federal
maio 4, 2021

Processo Seletivo de Caicó (RN): justiça dá 72 horas para Judas Tadeu se manifestar

Ouça a matéria aqui!

O juiz Luiz Cândido de Andrade Villaça deu o prazo de 72 horas para o Prefeito de Caicó, Judas Tadeu, apresentar manifestação sobre ação popular proposta com o objetivo de anular o edital 001/2021, que deflagrou processo seletivo simplificado para a contratação de pessoal, na parte em que repetiu os cargos com candidatos aprovados do processo seletivo regido pelo edital 003/2019.

“O prefeito recebeu um processo seletivo válido e prorrogável, com candidatos aprovados e aptos para a imediata contratação. Prorrogou parte dos contratos e deixou vencer o certamente em relação ao demais para, logo em seguida, anunciar outro processo seletivo com o mesmo objeto.

Como se não bastasse, ainda deu uma entrevista dizendo que ‘tinha o direito de descontinuar todos os contratos se quisesse’. Segundo o Supremo Tribunal Federal, tal conduta pode configurar abuso de poder por desvio de finalidade e foi isso que defendemos na ação popular”, disse o advogado Síldilon Maia.

Visualizações: 112

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *