Primo de Ricardo Barros tem cargo de R$ 28 mil no Itamaraty

Conta de luz: Aneel reajusta valor da bandeira tarifária vermelha 2 em 52%
29 de junho de 2021
Irmão de Valdemiro Santiago, pastor Vanderlei morre de Covid-19 aos 53 anos
29 de junho de 2021

Primo de Ricardo Barros tem cargo de R$ 28 mil no Itamaraty

Ouça a matéria aqui!

Jair Bolsonaro (Sem partido) tem pago um preço alto para que o deputado Ricardo Barros (PP-PR) faça a defesa enfática do governo no parlamento.

Influente no Ministério da Saúde, onde está envolvido diretamente no caso de corrupção sobre a compra da Covaxin e nas suspeitas que pairam sobre o lobby para a farmacêutica chinesa Cansino, fabricante do imunizante Convidecia, o deputado conta com o presidente para colocar parentes em cargos-chaves, com altos salários, em órgãos do governo.

Além da esposa, Maria Aparecida, nomeada por Bolsonaro para um cargo de R$ 27 mil na adminstração de Itaipu, Ricardo Barros tem um primo nomeado com salário semelhanto em órgão do Itamaraty.

Adalberto Durau Bueno Netto atua como gerente comercial da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), onde recebe um salário mensal de R$ 28 mil.

Durau trabalha na diretoria de negócios da agência e trabalha com marketing e relacionamento, segundo o site Metrópoles.

Em 2020, o primo do deputado foi multado em R$ 7,5 mil por irregularidades quando comandava a Agência Paraná de Desenvolvimento em 2018.

Visualizações: 85

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *