Prazo de inscrição para concurso de 58 vagas para temporários do TJRN termina em 6 de agosto

deputado Walter Alves: “Do jeito que está, reforma tributária não passa”
29 de julho de 2021
Compra de respiradores: ex-presidente do Consórcio Nordeste será convocado para depor na CPI da Covid na ARLN
29 de julho de 2021

Prazo de inscrição para concurso de 58 vagas para temporários do TJRN termina em 6 de agosto

Ouça a matéria aqui!

Termina no dia 6 de agosto, sexta-feira, às 14h, o prazo de inscrições para o Processo Seletivo Simplificado lançado pelo TJRN para a contratação temporária de 58 profissionais das áreas de Psicologia, Assistência Social e Pedagogia.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas exclusivamente pela internet, pelo endereço. Segundo o edital, o candidato poderá se inscrever para vagas disponíveis em até duas localidades distintas.

A realização da contratação tem por objetivo atender a necessidade temporária de excepcional interesse público. A medida observa a não disponibilidade, no Quadro de Pessoal do Poder Judiciário, de profissionais qualificados para a prestação desses serviços. Os contratados poderão atuar em processos de competência da infância e juventude, violência doméstica, família, criminal, em situações que envolvam idosos, incapazes, pessoas com deficiência e crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

Vagas e condições

A contratação temporária dos 58 profissionais é para atuação por até 12 meses, admitida uma prorrogação de, no máximo, mais um ano. São 29 vagas para a área de Psicologia, 25 para a Assistência Social e 4 para a Pedagogia. As vagas são distribuídas entre as comarcas de Natal, Parnamirim, Mossoró, Caicó, Pau dos Ferros, Macau, Nova Cruz e João Câmara.

A remuneração dos contratados será de R$ 3.219,67, para uma carga horária de 40 horas semanais.

Seleção

A seleção dos candidatos será feita mediante avaliação de títulos e da experiência profissional – para esta última, serão consideradas atividades a partir do ano de 2006. O envio de documentos relativos à avaliação de títulos e comprovação de experiência prévia é obrigatória.

Visualizações: 103

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *