Por CPI, governo articula reunião com MDB do Senado

Bolsonaro tenta se aproximar do TCU após pente-fino na Saúde e impasse no Orçamento
abril 29, 2021
Decisão de Lewandowski mantém Renan na relatoria da CPI da Pandemia
abril 29, 2021

Por CPI, governo articula reunião com MDB do Senado

Ouça a matéria aqui!

O governo identificou o MDB como principal responsável pelas dificuldades na CPI da Pandemia e articula uma ampla reunião com toda a bancada do partido no Senado para a semana que vem.

Por ora, não está prevista a participação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Apenas da ministra da Secretaria de Governo, Flavia Arruda, e do ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos. A ideia é convidar todos os 15 senadores do partido, incluindo Renan Calheiros.

O encontro, se viabilizado, será mais uma tentativa de conter a maioria oposicionista que dominou a CPI da Pandemia. Para o governo, o MDB é um dos principais responsáveis na medida em que indicou para a comissão senadores que não são alinhados ao Planalto, como Renan e Eduardo Braga.

A leitura no Palácio do Planalto é a de que isso ocorreu como retaliação pelo fato de Bolsonaro ter apoiado Rodrigo Pacheco (DEM-MG) na eleição para a presidência do Senado. O MDB foi para a disputa com Simone Tebet.

Embora fontes afirmem que, em um primeiro momento, o governo não pretende abrir espaços no primeiro e segundo escalões para atrair o partido, essa possibilidade não está descartada.

Visualizações: 78

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *