Políticos criticam fala de Guedes sobre Fies; beneficiários agradecem por programa

RN registra 221.868 casos confirmados e 5.446 mortes por Covid-19
abril 29, 2021
“Europeus não vão parar de importar do Brasil”, diz Bolsonaro
abril 30, 2021

Políticos criticam fala de Guedes sobre Fies; beneficiários agradecem por programa

Ouça a matéria aqui!

Políticos de oposição ao governo Bolsonaro criticaram nesta 5ª feira (29.abr.2021) a declaração do ministro da Economia, Paulo Guedes, contra o Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), programa de financiamento de cursos de ensino superior privados, vinculado ao Ministério da Educação.

O programa foi criado em 1999, durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O limite de financiamento das mensalidades era de 50%, mas em novembro de 2007, o ex-presidente Lula sancionou a lei que permitiu a ampliação do financiamento para até 100%.

Na 3ª feira (27.abr.2021), durante reunião do Consu (Conselho de Saúde Complementar), ao criticar o programa, Guedes disse que o Fies deu bolsas em universidades para “todo mundo”, até para “filho de porteiro que zerou vestibular”. Segundo o ministro, o programa financiado pelo governo federal foi um “desastre”, que enriqueceu meia dúzia de empresários.

Um beneficiário do programa, o publicitário Ricardo Silvestre, comentou no Twitter: “Felizmente um dos filhos de porteiro e empregada doméstica sou eu, que pude estudar pela existência dos programas sociais do governo Lula”. Outros beneficiários também se manifestaram e agradeceram pela existência do programa e de outros auxílios estudantis do governo federal (leia mais abaixo).

O ex-presidente Lula compartilhou o tuíte e disse: “Por mais jovens como Ricardo e menos homens como Paulo Guedes”.

A presidente do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), criticou a fala do ministro e disse que Guedes é “a nata do ódio de classe”“Se indignar com o sofrimento e a fome do povo ninguém viu até agora. É asqueroso!”, disse.

Para o deputado federal Alessandro Molon (PSB-RJ), a fala de Guedes é “preconceituosa”“Expõe uma visão de governo que reforça desigualdades, em vez de superá-las. O governo Bolsonaro faz o Brasil andar na contramão do mundo, que busca igualdade de oportunidades para todos.” 

A deputada federal Jandira Feghali (PC do B) questionou: “O que explica um Ministro da Economia ter tempo pra dar uma declaração preconceituosa por dia num momento em que milhões passam fome?”.

O deputado federal Marcelo Freixo (Psol-RJ) disse que “a única coisa que não revolta Paulo Guedes é pobre passando fome”.

“Paulo Guedes não é caricatura, ele é a cara do bolsonarismo: cinismo, dogmatismo, rapinagem, repulsa pelos mais vulneráveis. Guedes é o Ricardo Salles da economia. Ambos traduzem a essência desse projeto de poder que não quer construir nada, somente destruir”, afirmou.

O deputado federal Helder Salomão (PT-ES) disse que a fala só mostra o “ódio de classes”.

Eis o que disseram usuários que afirmaram terem se formado por meio do Fies:

Visualizações: 68

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *