Pivô das rachadinhas, ex fez chantagem para usar sobrenome Bolsonaro nas eleições

Superfaturamento e citação a Bolsonaro: Jornal Nacional revela mensagens de Dominghetti; confira
7 de julho de 2021
Bolsonaro confirma André Mendonça para vaga de Marco Aurélio Mello
7 de julho de 2021

Pivô das rachadinhas, ex fez chantagem para usar sobrenome Bolsonaro nas eleições

Ouça a matéria aqui!

Pivô na nomeação de ao menos 12 parentes em gabinetes do clã do ex-marido no esquema de corrupção conhecido como “rachadinha”, Ana Cristina Valle teria chantageado Jair Bolsonaro para usar o nome da família na candidatura à deputada federal em 2018.

Segundo reportagem de Juliana Dal Piva, que produz o podcast “A Vida Secreta de Jair” no Uol, Ana Cristina, que viveu com Bolsonaro entre 1998 e 2007 e é mãe de Jair Renan, teria adotado o nome do ex-companheiro apenas na disputa eleitoral. Com 4.555 votos, ela não foi eleita.

Em áudio, a fisiculturista Andrea Siqueira Valle diz que a irmã saiu chorando do gabinete do ex-marido após a chantagem para usar o sobrenome Bolsonaro.

“A Cristina falou para mim. Se o Jair não deixar eu usar o nome dele por bem, eu vou usar por mal. Então quer dizer, ela fez chantagem com ele para poder usar o nome dele, né. Porque a menina lá, a secretária, disse que ela saiu do gabinete depois que conversou com ele, chorando”, disse.

Em áudios já divulgados pela jornalista, Andrea Siqueira confirma que Bolsonaro comandava esquema de corrupção do clã.

Andréa revela que o irmão, André Siqueira Valle, foi exonerado do gabinete de Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados em 2007 por não devolver “o dinheiro certo que tinha que ser devolvido”, de cerca de 90% do salário

As gravações mostram que Andrea estava preocupada com o fim da “mesada” que recebia como funcionária fantasma no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), de onde foi exonerada em agosto do mesmo ano.

A fisiculturista confessa que sabe “muita coisa”, que pode “ferrar a vida” de Jair e dos filhos.

“Não é pouca coisa que eu sei, não. É muita coisa que eu posso ferrar a vida do Flávio, posso ferrar a vida do Jair, posso ferrar a vida da Cristina. Entendeu? Então, é por isso que eles têm medo e manda (SIC) eu ficar quietinha, não sei o que, tal. Entendeu? É esse negócio aí”, diz.

Visualizações: 81

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *