Festa da colheita 2021: Padre Rivaldo pede desculpas por falta de diálogo com instituições e patrocinadores; ouça o áudio

Paróquia “esquece” instituições que sempre fizeram parte da tradicional Festa da Colheita em Ouro Branco-RN
19 de junho de 2021
RN: Lei Seca autuou 85 motoristas por embriaguez ao volante durante operações em Assu, Mossoró e Tibau
21 de junho de 2021

Festa da colheita 2021: Padre Rivaldo pede desculpas por falta de diálogo com instituições e patrocinadores; ouça o áudio

Ouça a matéria aqui!

Padre Rivaldo está à frente da paróquia do Divino Espirito Santo em Ouro Branco desde 2017, muito querido e respeitado pela sociedade Ourobranquense, campanha já foi realizada pela população para que o pároco não fosse transferido para outra cidade

Na manhã deste domingo (20. junho.2021), teve início a Celebração da 4Festa da Colheita, a missa de abertura foi realizada às 8h da manhã, na Sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Algumas autoridades estiveram prestigiando a abertura da festa da colheita 2021, o Prefeito Samuel Souto, Presidente da Câmara Paulo Dantas, Líder da bancada Governista Celso Garofa e outras autoridades assistiram à missa de abertura.

Padre Rivaldo falou sobre a falta de convites aos principais apoiadores e patrocinadores das edições passadas da festa da colheita. O pároco pediu desculpas e disse que errou em não ter dialogado com as instituições que sempre apoiaram a paroquia na organização e realização da festa.

Com toda humildade do mundo Padre Rivaldo deixou muito claro, que como todo ser humano ele também é passivo de erros, que não é perfeito e não busca a perfeição, com muita sabedoria disse que as críticas e questionamentos podem ajudar no aprendizado e na correção de erros e injustiças.

OUÇA UM TRECHO DO SERMÃO DO RIVALDO DANTAS:

PROGAMAÇÃO DA FESTA CORRIGIDA:

Esse ano, com o Tema: ” Dar razões da própria esperança ” ( 1Pd 3, 15)Lema: ” Olhem os pássaros do céu: eles não semeiam, não colhem, nem ajuntam em armazéns. No entanto, o Pai que está no céu os alimenta.” ( MT 6, 26).

Visualizações: 1308

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *