Blog - OBnews

Jornalismo com credibilidade e responsabilidade de Ouro Branco para o mundo!

Categoria: Premio

OURO BRANCO: Município conquista 2º lugar no Prêmio Band Cidades Excelentes 2021; categoria até 30 mil habitantes

 11 Visualizações

O Grupo Bandeirantes de Comunicação premiou ontem, no auditório da Fiern, os melhores municípios do estado do Rio Grande do Norte. O município Ourobranquense foi representado pelo vice-prefeito Justino Gomes Neto (Justino do Cartório).

O prêmio Band Cidades Excelentes tem como objetivo incentivar a melhoria da realidade dos municípios brasileiros através da premiação das boas práticas na gestão pública. Ouro Branco conquistou o segundo lugar como Cidade Excelente na categoria municípios com até 30 mil habitantes do Prêmio Band Cidades Excelentes do ano de 2021, realizado em parceria com o Instituto Áquila, no Rio Grande do Norte. 

Ouro Branco concorreu com os seguintes municípios na categoria de até 30 mil habitantes; Alto do Rodrigues (população 14.923), Cruzeta (população 7.968), Janduís (população 5.228), Messias Targino (população 4.665), Parelhas (população 21.611), Ruy Barbosa (população 3.584), São Bento do Norte (população 2.687), São José do Seridó (população 4.696), Serra do Mel (população 12.225), Viçosa (população 1.731). O município Ourobranquense tem aproximadamente 4.813 habitantes segundo o IBGE, ficou em segundo lugar no pilar Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública e em terceiro no pilar Infraestrutura e Mobilidade Urbana. Confira abaixo os dados do IGMA.

O bom desempenho do município Ourobranquense, foi viabilizado graças aos investimentos no desenvolvimento, educação, infraestrutura, saúde e transparência, feitos pela ex-prefeita Fátima Silva e pelo atual prefeito Samuel Souto. A próxima edição do Band Cidades Excelentes irá avaliar o desempenho do atual gestor, a expectativa da população é que esses índices melhorem cada vez mais com a excelente gestão que Samuel Souto está fazendo em seu mandato.

Ranking das cidades até 30 mil habitantes, desempenho nos 5 pilares:

Desenvolvimento Socioeconômico e Ordem Pública

PIB per capita, Índice GINI da renda domiciliar per capita, Jovens com 25 anos ou mais que completaram o ensino médio, Pessoas com 25 anos ou mais que completaram o ensino superior, Percentagem de pobres na população, Renda domiciliar Per Capita, % da população economicamente ativa empregadas, Taxa de homicídios, Taxa de homicídios por arma de fogo, Taxa de mortes no Trânsito.

  1. São José do Seridó: 77.37
  2. Ouro Branco: 69.71
  3. Parelhas: 65.28
  4. Cruzeta: 61.15
  5. Messias Targino: 54.79
  6. Alto do Rodrigues: 52.74
  7. Viçosa: 48.42
  8. Ruy Barbosa: 46.79
  9. São Bento do Norte: 45.29
  10. Janduís: 29.66
  11. Serra do Mel: 27.80

Infraestrutura e Mobilidade Urbana

Condições ambientais urbanas, condições habitacionais, infraestrutura Urbana, Serviços Coletivos urbanos, Abastecimento de Água, Frotas de veículos por habitante, Deslocamento casa trabalho em menos de 1 hora.

  1. Viçosa: 79.04
  2. Cruzeta: 76.04
  3. Ouro Branco: 67.75
  4. Parelhas: 63.87
  5. São Bento do Norte: 63.72
  6. São José do Seridó: 59.89
  7. Ruy Barbosa: 49.61
  8. Janduís: 48.48
  9. Alto do Rodrigues: 46.81
  10. Messias Targino: 38.07
  11. Serra do Mel: 33.71

Saúde e Bem-Estar

Cobertura Estratégica Saúde da Família, Expectativa de vida ao nascer, Número de leitos hospitalares por mil habitantes, Número de profissionais da saúde por mil habitantes, proporção de internações sensíveis a atenção básica- ISAB, Taxa de mortalidade infantil por mil habitantes, Casos por Covid-19 por 100 mil habitantes e Mortes por Covid-19 por 100 mil habitantes.

  1. Ruy Barbosa: 87.26
  2. Janduís: 78.33
  3. Messias Targino: 77.99
  4. Parelhas: 66.53
  5. São Bento do Norte: 64.84
  6. Serra do Mel: 59.66
  7. São José do Seridó: 58.08
  8. Ouro Branco: 57.32
  9. Viçosa: 56.55
  10. Alto do Rodrigues: 49.91
  11. Cruzeta: 44.60

Educação

Analfabetismo, expectativa em anos de estudo, taxa de abandono anos finais ensino fundamental, Taxa de abandono anos iniciais Ensino Fundamental, Gasto com Educação por aluno por IDEB, Resultado IDEB anos finais Ensino Fundamental, Resultado IDEB anos iniciais Ensino Fundamental, Distorção Idade-Série Ensino Fundamental, Acesso a Educação infantil -creche.

  1. Cruzeta: 79.34
  2. São José do Seridó: 75.00
  3. Viçosa: 71.78
  4. Ruy Barbosa: 68.17
  5. Alto do Rodrigues: 62.57
  6. Parelhas: 60.23
  7. Ouro Branco: 51.83
  8. Messias Targino: 49.63
  9. Serra do Mel: 47.19
  10. Janduís: 45.21
  11. São Bento do Norte: 27.49

Eficiência Fiscal e Transparência

% de endividamento, autonomia fiscal, capacidade de investir, investimento per capta, Resultado Fiscal, Índice de Transparência, Aderência ao Plano de Contas.

  1. São Bento do Norte: 81.91
  2. Alto do Rodrigues: 75.38
  3. Serra do Mel: 74.18
  4. São José do Seridó: 63.35
  5. Ouro Branco: 61.83
  6. Janduís: 58.04
  7. Parelhas: 51.89
  8. Ruy Barbosa: 49.88
  9. Messias Targino: 42.65
  10. Cruzeta: 42.62
  11. Viçosa: 38.72

Critérios de Avaliação

A avaliação do Prêmio Band Cidades Excelentes foi feita a partir de uma ferramenta desenvolvida pelo Instituto Aquila, o IGMA. A plataforma é estruturada baseada em Inteligência Artificial e, a partir de um algoritmo, consolida resultados de 41 indicadores gerando uma única nota final. 

Os indicadores avaliados no prêmio são construídos a partir de cinco pilares: eficiência fiscal e transparência, educação, saúde e bem-estar, infraestrutura e mobilidade urbana e desenvolvimento socioeconômico e ordem pública. Em cada pilar, os municípios são separados em três categorias de avaliação, de acordo com o tamanho da população local: até 30 mil habitantes, entre 30mil e 100 mil habitantes e mais de 100 mil habitantes.

Como participar

Para participar do Prêmio Band Cidades Excelentes é bem simples. Todos os municípios serão automaticamente inscritos para concorrer ao prêmio em sua determinada segmentação populacional.

A participação à premiação não é obrigatória. Aqueles que não desejarem participar devem se manifestar diante ao prazo de 10 dias da divulgação da lista no portal. Passado esse prazo, o silêncio do município importará na abdicação do direito de renunciar a participação do prêmio.

Não poderão concorrer municípios que estejam inscritos no Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal – SIAFI.

Os candidatos poderão submeter Projetos Qualitativos que garantem a melhoria da infraestrutura e qualidade de vida dos municípios. A inscrição destes projetos deverão obedecer as datas estipuladas na aba Datas e Prazos do portal.

Para o evento de premiação, foram convidadas as três melhores cidades de cada estado em cada pilar e categoria populacional. Será ainda premiada a cidade que atingir o melhor IGMA consolidando todos os cinco pilares analisados.  Além do evento local, os municípios potiguares também irão concorrer nacionalmente. Haverá um evento em Brasília com os representantes de todos os estados do país para premiação das três melhores cidades do Brasil em cada pilar, considerando sua categoria populacional filtradas na etapa estadual. 

Fonte: IGMA

Posts Relacionados

No Content Available

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AdrianoSantos

AdrianoSantos

As pessoas e os indivíduos têm o direito de adquirir um quadro objetivo da realidade por meio de informação precisa e compreensiva como também de se expressarem livremente pelas várias mídias de cultura e comunicação.

Siga - nos nos

AJUDE A MANTER O BLOG ONLINE

Escanear o QR Code! Para Colabar Para Doar Para Ajudar!

Publicidade Parceiros

Previous
Next

Últimas Notícias

Quer receber as últimas notícias e ficar bem informado?

Preencha com seu e-mail ao lado e vamos te enviar todas as últimas notícias de Ouro Branco, RN, Brasil e do Mundo!

Blog - OBnews

Jornalismo com credibilidade e responsabilidade de Ouro Branco para o mundo!

Copyright 2022 © Todos os Direitos Reservados | por Adriano Santos