No RN, 232 doses da vacina AstraZeneca podem ter sido aplicadas fora da validade; Ouro Branco ficou de fora da lista

OURO BRANCO: Prefeito Samuel Souto recepcionou a chegada das cestas básicas do “RN CHEGA JUNTO”
3 de julho de 2021
Câmera flagra momento em que carro com três crianças é atingido por raio
3 de julho de 2021

No RN, 232 doses da vacina AstraZeneca podem ter sido aplicadas fora da validade; Ouro Branco ficou de fora da lista

Ouça a matéria aqui!

Nessa sexta-feira (02. julho. 2021) a secretaria de saúde de Ouro Branco divulgou uma nota tranquilizando a população Ourobranquense; nenhuma dose fora do prazo de validade foi aplicada no município.

Dados oficiais do Ministério da Saúde divulgados pela Folha de S. Paulo, nesta sexta-feira (2), mostram que 1.532 municípios aplicaram 26 mil doses da vacina AstraZeneca fora do prazo de validade. As cidades mais afetadas foram Maringá (3.536 pessoas), Belém (2.673) e São Paulo (996). No caso do Rio Grande do Norte, segundo a matéria, foram aplicadas 232 doses vencidas da AstraZeneca em 38 municípios. São eles: 

  • JOÃO C MARA: 55    
  • AUGUSTO SEVERO: 42    
  • BAÍA FORMOSA: 15
  • MOSSORÓ: 15
  • NATAL: 12
  • JANDUÍS: 12
  • JARDIM DE PIRANHAS: 11
  • MACAÍBA: 8
  • ALEXANDRIA: 6
  • PEDRO AVELINO: 5    
  • PARNAMIRIM: 5
  • CURRAIS NOVOS: 4
  • SÃO PEDRO:     3    
  • ASSU: 3    
  • VENHA-VER: 3
  • NOVA CRUZ: 3
  • SÃO GONÇALO DO AMARANTE: 2    
  • MARTINS: 2    
  • SÃO PAULO DO POTENGI: 2
  • TOUROS: 2
  • ITAJÁ: 2    
  • UMARIZAL: 2    
  • UPANEMA: 2    
  • CEARÁ-MIRIM: 2    
  • MONTE ALEGRE: 1  
  • OLHO-D’ÁGUA DO BORGES: 1
  • CAICÓ: 1    
  • MONTANHAS: 1    
  • IELMO MARINHO: 1    
  • APODI: 1    
  • CANGUARETAMA: 1    
  • SÃO JOSÉ DO CAMPESTRE: 1    
  • BENTO FERNANDES: 1    
  • BARAÚNA: 1    
  • GOIANINHA: 1    
  • NÍSIA FLORESTA: 1    
  • SÃO FRANCISCO DO OESTE: 1    
  • ALMINO AFONSO: 1

Ainda segundo o levantamento do jornal, outras 114 mil doses da vacina AstraZeneca distribuídas a Estados e municípios dentro do prazo de validade já expiraram. Não está claro se foram descartadas ou se continuam sendo aplicadas, diz o jornal, notando que a AstraZeneca é a vacina mais usada no Brasil, com 57% das doses aplicadas.

Os imunizantes expirados integram oito Os imunizantes expirados integram oito lotes da AstraZeneca importados ou adquiridos por consórcio. Um deles passou da validade no dia 29 de março. O que venceu há menos tempo valia até 4 de junho.

Como prevê o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação, quem tomou o imunizante vencido deve se revacinar pelo menos 28 dias depois da dose. Se você recebeu uma dose fora de validade, procure um posto de saúde com sua carteira de vacinação para receber orientações.

É possível saber se você tomou uma dose vencida a partir do registro do lote do imunizante, indicado no registro de vacinação. Estavam vencidos os seguintes lotes: 4120Z001; 4120Z004; 4120Z005; CTMAV501; CTMAV505; CTMAV506; CTMAV520; 4120Z025.

A AstraZeneca é o imunizante mais utilizado neste ano no Brasil e representa 57% das doses aplicadas. Há, ainda, 114 mil doses desta vacina que venceram, mas ainda não se sabe se foram descartadas ou seguem sendo utilizadas.

Sesap 

Em nota, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) destacou que “todas as doses dos imunizantes recebidos do Ministério da Saúde, incluindo os lotes da Astrazeneca apontados com aplicação vencida, foram distribuídas e entregues em tempo oportuno às regionais de saúde e das regionais para os municípios dentro do prazo de validade e em tempo oportuno”. A secretaria ainda frisou que todas as doses são conferidas e protocoladas antes da efetivação da distribuição, passando por um processo de conferência a cada remessa executada pela Rede de Frio do Estado do Rio Grande do Norte, o que assegura que as doses saiam da Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat) e das regionais de saúde com qualidade aferida. 

A Sesap ainda informou que a equipe de imunização da Sesap aponta que possa ter ocorrido o tardio registro na plataforma, que faz com que a data da aplicação do imunizante seja diferente da data que realmente foi aplicado. É importante ressaltar que, como orienta o Ministério da Saúde, cabe aos gestores locais do SUS o armazenamento correto, acompanhamento da validade dos frascos e aplicação das doses, seguindo à risca as orientações do Ministério. 

“Neste momento, a equipe trabalha em diálogo com os municípios para conferir todas as doses que estão apontadas como vencidas para alinhar e orientar as melhores medidas que serão estabelecidas a partir do resultado desta análise”, ressaltou na nota.

Confira os lotes
LOTE – CTMAV505 – ASTRAZENECA/OXFORD Recebido: 26 de março de 2021
Vencimento: 31 de maio de 2021
LOTE – 4120Z001 – *ASTRAZENECA/OXFORD Recebido: 24 de fevereiro Vencimento: 29 de março
LOTE – 4120Z005 – *ASTRAZENECA/OXFORD Recebido: 24 de janeiro Vencimento: 14 de abril

O Ministério da Saúde informou que houve um erro na embalagem das doses da Vacina  SARS-COV2 – Laboratório AstraZeneca (Lote: CTMAV505). Apesar de as doses terem vindo direto do laboratório produtor (AstraZeneca), na embalagem primária e secundária consta vencimento em 31/05/2021. No entanto, nas notas de fornecimentos do SIES o prazo de validade está 31/5/2022. A informação da Rede de Frio Nacional é de que a validade correta é 31/05/2022.

A Secretária de Saúde de Ouro Branco Luciana Azevedo divulgou uma nota em suas redes sociais.

O município Ourobranquense atingiu a marca de +2000 mil vacinados com a primeira dose da vacina contra a covid-19, cerca de 40,1%, em comparação com a população total 4813 pessoas segundo estimativa feita pelo IBGE em 2020.

Ouro Branco já conta com mais 2.000 vacinados contra a Covid-19

Com estratégias eficazes elaboradas pela Secretaria Municipal de Saúde, de acordo com cronograma preconizado pelo Ministério da Saúde e SESAP/RN, Ouro Branco-RN já contabiliza mais de 2.000 vacinados contra a COVID-19.

Toda equipe de saúde está empenhada, junto à Prefeitura Municipal, para que os públicos sejam vacinados e, consequentemente, imunizados contra a COVID-19. É através da vacinação que temos esperança em dias melhores com relação à saúde coletiva.

Visualizações: 297

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *