Rio Grande do Norte é o 2º no ranking de crimes eleitorais por número de eleitor

CPI vai pedir esclarecimentos sobre aglomeração de Bolsonaro no Rio
maio 23, 2021
Cláudia Leitte diz que não há motivo para se indignar e leva invertida certeira da Ana Maria
maio 23, 2021

Rio Grande do Norte é o 2º no ranking de crimes eleitorais por número de eleitor

Ouça a matéria aqui!

O Rio Grande do Norte é o segundo do país no ranking de inquéritos por crimes eleitorais no Brasil, quando considerada a proporção por 100 mil eleitores. Enquanto o Rio de Janeiro lidera em números absolutos (3.487 investigações, entre 2013 e 2020), unidades da Federação com menos eleitores em comparação às mais populosas assumem a dianteira proporcionalmente.

Por esse critério, Roraima aparece em 1º lugar com 97,6 inquéritos por 100 mil eleitores, seguido pelo Rio Grande do Norte (73,4) e Acre (59,2). O levantamento foi feito por meio da Lei de Acesso à Informação (LAI) nos dados da Polícia Federal (PF).

Dentro do universo de inquéritos, há delitos eleitorais clássicos, como a boca de urna, apontado pelos agentes como a principal conduta criminosa, até ação de grupos armados.

Há um mês, a PF deflagrou em Roraima a Operação Déjà Vu, sobre compra de votos nas eleições de 2020. No Acre, a polícia apurou em 2016 a ação de caciques da etnia huni kuin, que proibiram a entrada em suas terras de candidatos não indígenas.

Visualizações: 90

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *