Presidente da Fecomércio RN comemora avanços em novo decreto estadual: “de grande importância”

Senador aliado de Bolsonaro propõe CPI para apurar orçamento secreto de R$ 3 bilhões do Planalto
maio 12, 2021
Brasil confirma mais 2.311 mortes e 72.715 casos de covid-19 em 1 dia
maio 12, 2021

Presidente da Fecomércio RN comemora avanços em novo decreto estadual: “de grande importância”

Ouça a matéria aqui!

A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT-RN) anunciou que um novo decreto estadual deve ser publicado ainda nesta terça-feira 11. Entre as medidas que visam combater o avanço da pandemia da Covid-19, o toque de recolher passa a ser aplicado apenas no período noturno, das 22h às 5h. A medida já gerou posicionamentos como o de Marcelo Queiroz, presidente da Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo do Rio Grande do Norte (Fecomércio RN), que comemorou aquilo que chamou de “avanços do novo decreto”.

De acordo com a chefe do Executivo local, a “lei seca” foi suspensa, o que autoriza a venda e o consumo de bebidas alcoólicas em estabelecimentos comerciais.

Via assessoria de imprensa, Queiroz classificou que os avanços que o novo decreto traz são de grande importância para que o RN posa iniciar a recuperação do segmento do turismo potiguar, que segundo o presidente da Federação, enfrenta a maior crise de sua história.

“A liberação da venda de bebidas alcóolicas e a flexibilização do funcionamento de bares e restaurantes aos domingos são passos muito relevantes. O Sistema Fecomércio irá agora, junto com demais federações e entidades do setor produtivo, trabalhar na montagem de um plano de retomada específico para os segmentos de eventos e casas de recepção e, também, em um programa de conscientização dos empreendedores e dos clientes de bares e restaurantes para que a retomada permitida agora se dê com toda a responsabilidade que a pandemia ainda nos impõe. Afinal, os avanços precisam ser firmes e irreversíveis, o que só será possível com o comprometimento de todos nós com os protocolos e a biossegurança”.

O documento autorizará a ampliação do funcionamento das atividades escolares; permissão de prática de esportes coletivos; liberação dos parques; e ampliação das atividades religiosas. A determinação terá validade de 14 dias, segundo a gestora estadual, a partir da data de sua publicação. O decreto atual perde a validade nesta terça.

“É fundamental o engajamento e o cumprimento responsável dos protocolos sanitários por parte de toda a sociedade; dos empresários e trabalhadores; Prefeituras e demais Poderes; e de você, cidadão e cidadã, para que não tehamos retrocessos e avancemos no combate à pandemia”, compartilhou Fátima Bezerra em uma rede social, ao anunciar as ações a serem publicadas – provavelmente – em edição extra do Diário Oficial do Estado.

Comparando o futuro decreto com o atual, nota-se algumas mudanças, como, por exemplo, a retirada do toque de recolher de forma integral aos domingos e feriados, com exceção dos serviços essenciais.

Visualizações: 181

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *