VÍDEO: Mulher com bebê no colo é agredida e xingada de “cachorra” por PMs no RN

Documentos da Precisa com erros graves levantam suspeita sobre autenticidade das certidões
17 de julho de 2021
Brasil ultrapassa 540 mil mortes por Covid; média móvel cai para 1.244
17 de julho de 2021

VÍDEO: Mulher com bebê no colo é agredida e xingada de “cachorra” por PMs no RN

Foto: Reprodução

Ouça a matéria aqui!

A governadora Fátima Bezerra afastou os policiais envolvidos: “Uma cena abominável que agride não só a nós, mulheres, mas a uma sociedade atenta a um contexto que, infelizmente, continua a nos horrorizar e a nos indignar”

Indignada, a governadora do Rio Grane do Norte, Fátima Bezerra (PT), afastou, nesta sexta-feira (16), os policiais que xingaram de “cachorra” e agrediram uma mulher, que segurava um bebê no colo. O caso foi registrado em Santo Antônio, interior do estado.

“Assim que tomei conhecimento do episódio lamentável que ocorreu ontem em Santo Antônio liguei para o secretário de Segurança Pública, coronel Araujo; o comandante da PM, coronel Alarico; a delegada-geral, dra. Ana Cláudia, e determinei que fossem tomadas as providências imediatas para apuração e punição dos responsáveis”, disse Fátima, em postagem no Twitter.

“Medidas já foram adotadas. Os policiais foram afastados e as respectivas condutas serão apuradas com direito de defesa, como determina a lei”, anunciou a governadora.

Fátima classificou a cena como “abominável, que agride não só a nós, mulheres, mas a uma sociedade atenta a um contexto que, infelizmente, continua a nos horrorizar e a nos indignar. Um governo como o nosso, que tem feito todo o esforço para implementar políticas públicas de proteção às mulheres, como o núcleo de investigação policial de combate ao feminicídio, a patrulha Maria da Penha, a delegacia virtual de atendimento às mulheres, a casa de acolhimento à mulher vítima de violência, entre outros, jamais toleraria um absurdo como esse”.

A governadora ressaltou que não medirá esforços “e seguiremos firmes para tornar o Rio Grande do Norte um estado livre do feminicídio, onde as mulheres possam viver com dignidade e sem violência”.

Covardia

As cenas de violência policial viralizaram nas redes. O vídeo mostra dois policiais militares que estavam prendendo um homem. Em seguida, uma mulher com um bebê no colo, que seria a companheira do detido, gritou: “Não precisa bater nele”.

No momento em que ela se aproximou dos militares foi xingada várias vezes de “cachorra” e agredida, covardemente, com tapas por um dos policiais. O outro tirou o bebê dos braços da mulher e o entregou a outra pessoa. A mulher caiu no chão enquanto apanhava do PM.

Assista ao vídeo – cenas fortes:

Visualizações: 82

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *