RN: Sesap distribui mais de 100 mil vacinas contra a Covid-19

Covaxin é alvo de desconfiança na própria Índia por uso sem concluir testes
24 de junho de 2021
Seca atinge metade dos municípios do Rio Grande do Norte em 2021
25 de junho de 2021

RN: Sesap distribui mais de 100 mil vacinas contra a Covid-19

Distribuição de vacinas no RN. Foto

Ouça a matéria aqui!

As doses das vacinas serão usadas para acelerar campanha e também completar a imunização de potiguares

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) está distribuindo ao longo desta sexta-feira (25.jun.2021) 100.952 vacinas contra a Covid-19. As doses são destinadas tanto à ampliação dos públicos a serem imunizados, como para completar o esquema de vacinação dos potiguares que tomaram a primeira dose.

Com o apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesed), representada pela Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros Militar, a Sesap iniciou o processo de distribuição para todas as regiões do Rio Grande do Norte nas primeiras horas da manhã, dividindo o carregamento em quatro imunizantes: Janssen (24.300 doses), Pfizer (35.712), Coronavac/Butantan (25.600) e Astrazeneca/Fiocruz (15.340).

Com exceção da vacina produzida pela Fiocruz, todas as demais são voltadas para a primeira dose. Os lotes estão divididos entre os seguintes públicos, seguindo o plano nacional de imunização: população em situação de rua, trabalhadores do transporte, profissionais da educação, população privada de liberdade e população em geral por faixa etária.

Além da população em geral, o maior público a ser atendido é o da educação, que conta com mais de 19 mil doses reservadas. A Sesap e os municípios pactuaram nesta quinta-feira (24) a realização de mutirões de vacinação dos trabalhadores da área, para que até o fim deste mês de junho todos tenham tomado a primeira dose.

O carregamento de segunda dose que segue para os municípios nesta sexta-feira soma 15.340 unidades da Astrazeneca/Fiocruz, seguindo.o acerto entre Sesap e municípios para liberação dos imunizantes dentro do período certo de aplicação. As vacinas vão atender pessoas em situação de rua e idosos entre 65 a 69 anos que tomaram a primeira dose em meados do fim de março e começo de abril.

Visualizações: 31

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *