Lira fala em discutir privatização dos Correios depois do recesso

Verba para combate à pandemia é usada com militares, diz relatório
6 de julho de 2021
Sindicato diz que professores só retomam aulas presenciais após 2ª dose da vacina contra Covid
7 de julho de 2021

Lira fala em discutir privatização dos Correios depois do recesso

Ouça a matéria aqui!

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), afirmou nesta 3ª feira (6.jul.2021) que os deputados devem discutir o PL (projeto de lei) 591 de 2021, que trata da privatização dos Correios, da “2ª quinzena de julho à 1ª quinzena de agosto”. Deu as declarações em entrevista ao “Jornal da Manhã”, da Jovem Pan.

Em 24 de junho, Lira disse que o projeto seria votado até 17 de julho, quando começa o recesso legislativo. Depois disso, os deputados só voltam ao trabalho em 1º de agosto. Com a discussão prevista até meados de agosto, na prática, o presidente da Câmara admite a possibilidade de deixar a pauta para depois do recesso.

Eis o que disse Lira nesta 3ª feira (6.jul):

“Ontem [5,jul] nós soltamos a pauta prevista para os próximos 15 dias. Lógico que nós devemos contar com todas as imprevisibilidades, mas entre a 2ª quinzena de julho e a 1ª de agosto, nós deveremos estar com o projeto da privatização dos Correios em plenário para que possa ser discutido pelos senhores deputados e deputadas”.

Lira disse ainda que o texto do relator, deputado Gil Cutrim (Republicanos-MA), deve ficar pronto nesta 3ª feira (6.jul). Ele lembrou que o prazo máximo para aprovar a matéria é final de agosto, de acordo com calendário do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

O projeto permite que serviços postais sejam explorados pela iniciativa privada. Hoje, os Correios têm o monopólio do envio de cartas, telegramas e outras mensagens.

Como o Blog mostrou, os Correios tiveram recorde de receita internacional em 2020, R$ 1,2 bilhão. Em 2019, R$ 919 milhões.

Visualizações: 702

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *