BEm começa a ser pago a trabalhadores com redução de jornada nesta 6ª feira

Bolsonaro sugere chás contra a covid depois de visitar comunidades indígenas
maio 27, 2021
Governo do RN investe R$ 3,5 milhões no Corpo de Bombeiros
maio 27, 2021

BEm começa a ser pago a trabalhadores com redução de jornada nesta 6ª feira

Carteira de Trabalho - Foto

Ouça a matéria aqui!

O governo federal começa a pagar o BEm (Benefício Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda), complementação salarial a quem aderiu ao programa de redução de jornada, nesta 6ª feira (28.mai.2021). Os valores vão de R$ 261,25 até R$ 1.813,03, a depender do salário ou do seguro-desemprego ao qual o trabalhador teria direito se fosse demitido.

De acordo com o governo, o depósito ocorre depois de 30 dias do início do acordo de redução salarial ou suspensão do contrato de trabalho e será pago pela Caixa Econômica Federal e pelo BB (Banco do Brasil).

A Caixa vai fazer o pagamento para os trabalhadores que pediram para receber o benefício em uma conta do banco ou que não indicaram nenhuma conta bancária para o crédito. Neste caso, o pagamento será feito por meio de uma poupança social digital que será aberta gratuitamente para o trabalhador e pode ser movimentada pelo aplicativo Caixa Tem.

O Banco do Brasil vai fazer o pagamento dos trabalhadores que pediram para receber o BEm pelo BB ou em contas de outros bancos que não a Caixa. Neste caso, o BB vai fazer um DOC para a conta do trabalhador.

Procurado, o Ministério da Economia não informou, até a publicação desta matéria, quantos trabalhadores vão receber o benefício e nem o valor total que será pago pelo governo nesta 6ª feira (28.mai).

Porém, de acordo com os dados do novo programa de redução de jornada, 208,9 mil acordos foram registrados entre 28 de abril e 30 de abril e mais 1,422 milhão de acordos foram recebidos entre 1º de maio e 08 de maio.

Eis o número de acordos por semanas, até 22 de maio:

O novo programa de redução de jornada foi lançado no fim de abril de 2021 e permite acordos de suspensão do contrato de trabalho ou de redução de 75%, 50% e 25% da jornada e com duração de até 120 dias. Por isso, o trabalhador poderá receber até 4 parcelas do benefício.

Ao todo, o BEm já registrou 1,8 milhão de acordos em 2021, sendo que a maior parte está nas pequenas empresas e no setor de serviços.

Visualizações: 117

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *