Em tempos de dinheiro curto, quem faz questão de um churrasco em casa não perde tempo em escolher as carnes mais suculentas e baratas do açougue: fraldinha e maminha.

Ao contrário do que muita gente pensa, elas não são a mesma coisa e podem ganhar preparos especiais para ficarem ainda mais suculentas e saborosas, como garante Bruno Salomão no novo episódio de “Vai Ter Churras”.

Fraldinha x maminha

Apesar de batizadas com diminutivos — e do imenso sucesso que elas fazem nas grelhas — fraldinha e maminha têm como única semelhança a características de serem ambas pontas de alguns músculos.

Peças de fraldinha e maminha - Mariana Pekin/UOL - Mariana Pekin/UOL

Dentro da categoria fraldinha, há o fraldão, composto de dois tipos de músculo: um mais grosso e rígido, outro mais fino e com fibras bem abertas (que assa bem rápido). Há também a fraldinha Red, mais cara por ser extra limpa — ou seja, sem o músculo mais rígido presente no fraldão.

Já a maminha é a ponta triangular da alcatra (de onde também sai a picanha). Para escolher este corte, atenção para a capa de gordura e para o visual da peça, com dois músculos que correm para lados distintos.Bruno Salomão ensina a deixar fraldinha e maminha mais suculentas .

Para o melhor das suas carnes

Como explica Bruno, a fralda fica dentro do vazio próxima à região dos órgãos e, por isso, tem um sabor mais forte e ferroso (proveniente da oxidação do ferro da hemoglobina).

Para equilibrar essa característica, o ideal é utilizar como tempero a mostarda, um antioxidante encontrado em qualquer cozinha.

Fraldinha na mostarda

A sugestão de Bruno para a fraldinha é assá-la na mostarda. Para isso, bata no liquidificador a mistura abaixo:

  • 4 colheres de sopa de mostarda amarela
  • 1 colher de chá de mostarda dijon
  • 1/2 xícara de cerveja (pode ser sem álcool)
  • 1/4 colher de café de pimenta do reino
  • 2 dentes de alho
  • 1 colher de chá de mel
  • 1 folha de louro
  • 1 colher de chá de pimenta calabresa

Cubra a fraldinha com esta batida e deixe na geladeira por, no mínimo, duas horas – sendo o ideal deixar o preparo descansando de um dia para o outro.

Após assar na grelha, chegou a hora de salgar. E ao cortar, siga a direção contrária à fibra.

Maminha com sal de vinho

Sal de vinho tempera a maminha - Mariana Pekin/UOL - Mariana Pekin/UOL

Já para a maminha, Bruno ensina o versátil sal de vinho, que pode ser usado para temperar mais alimentos.

Para este preparo, os ingredientes são:

  • 1 taça de vinho seco
  • 4 dentes de alho ralados
  • 1 colher de sopa de tomilho seco ou ½ colher de chá de tomilho seco
  • 1/2 colher de sopa de folha de alecrim
  • 1/3 de colher de chá de pimenta calabresa
  • 1/2 colher de café de pimenta do reino

Misturar tudo em uma panela e reduzir o vinho em fogo médio-baixo até quase virar um caramelo e misturar 1/2 xícara de sal fino em fogo levemente mais alto, até secar.

Com a maminha já no espeto, espalhe o sal pela superfície da peça. Levar à parte mais alta da churrasqueira, virada com a gordura para baixo durante 15 a 20 minutos e depois do outro lado por esse mesmo tempo.

Dica de ouro

Corte da maminha faz toda a diferença na maciez final - Mariana Pekin/UOL - Mariana Pekin/UOL

Para cortar a maminha assada, atente para a crosta de sal formada. Antes de servir, a indicação de Bruno é bater a carne na grelha de todos os lados, para soltar essa camada salgada.

Separar os dois fios de músculo da peça e cortar a parte maior sempre contra a fibra, bem fino e sem apertar para que não se perca o suco. Já a cabeça, excepcionalmente, a recomendação é cortar seguindo a fibra.

Acompanhamento cheio de cor

Para complementar os sabores da maminha e da fraldinha, a escolha de hoje é uma salada de macarrão, mas com uma saída de ouro.

Ao contrário daquela macarronada que pede uma massa mais durinha (ou al dente), a salada de macarrão para acompanhar o churrasco deve ser bem molinha. Para isso, Bruno Salomão sugere acrescentar dois minutos ao tempo de cozimento recomendado na embalagem do macarrão escolhido.

.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui