Home TecnologiaEmbraer Embraer fecha parceria para produzir até 100 “carros voadores”

Embraer fecha parceria para produzir até 100 “carros voadores”

Por AdrianoSantos
0 comentário 16 visualizações

A Embraer, por meio da sua subsidiária Eve Urban Air Mobility, anunciou, nessa 5ª feira (23.set.2021), uma parceria com a Bristow Group para a produção de até 100 veículos aéreos elétricos de pouso e decolagem verticais, chamados eVTOLs (Veículo Elétrico de Pouso e Decolagem Vertical, na sigla em inglês). As empresas pretendem que os equipamentos possam operar como um táxi aéreo, oferecendo viagens mais baratas e menos barulhentas do que os helicópteros, e sem emissão de carbono.

Segundo comunicado da companhia brasileira, as aeronaves serão fabricadas no Brasil. A entrega está prevista para começar em 2026.

O objetivo das empresas é desenvolver um modelo de operação de UAM (Mobilidade Aérea Urbana) “utilizando a experiência da Bristow no transporte seguro de passageiros e cargas em todo o mundo”, diz o documento.

O ambiente operacional da UAM se concentrará em áreas como: design de veículos e vertiportos [local destinado a operação dos eVTOLs], desenvolvimento regulatório para o ambiente operacional, certificação eVTOL e operação autônoma”, explica a Embraer.

As empresas também anunciaram a assinatura de um MON (memorando de entendimento, na sigla em inglês) para o desenvolvimento de um certificado de operador aéreo para as eVTOLs.

Segundo o presidente e diretor executivo da Bristow, Chris Bradshaw, “esse memorando de entendimento estratégico prevê o desenvolvimento contínuo de um modelo abrangente de UAM entre Bristow e Eve para um eVTOL que pode, potencialmente, remodelar o mercado para todos os voos verticais elétricos com emissões de zero carbono e custos operacionais mais baixos”.

Assim, as empresas esperam tornar o serviço de táxi aéreo mais acessível. “Isso nos permite expandir nossa experiência para fornecer uma opção sustentável, inovadora e eficiente em novos mercados finais potenciais”, completou Bradshaw.

O presidente da Eve, Andre Stein, ressaltou que a parceria vai favorecer o desenvolvimento de “uma indústria de UAM acessível, escalonável, sustentável e segura”.

Ainda de acordo com a Eve, uma rota de teste para “carros voadores” será simulada na cidade do Rio de Janeiro. A simulação será feita entre o aeroporto do Galeão e a Barra da Tijuca com um helicóptero.

MERCADO

Durante toda a 5ª feira (23.set), as ações da Embraer na B3 operaram em alta impulsionada pela notícia e fecharam o dia com uma valorização de 12,16%.

Na 3ª feira (21.set) a Gol Linhas Aéreas também anunciou que pretende começar a operar uma malha aérea de eVTOLs em 2025. O projeto envolve compra ou aluguel de 250 veículos.

Deixe um comentário