Home Sem categoriaSolenidade De volta aos palcos, Orquestra Sinfônica do RN se apresenta no anfiteatro do Papódromo

De volta aos palcos, Orquestra Sinfônica do RN se apresenta no anfiteatro do Papódromo

Por AdrianoSantos
0 comentário 5 visualizações

O mês de setembro inspira recomeços para os potiguares apreciadores da música de concerto. Após mais de um ano com apresentações virtuais, a Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte – OSRN, através do projeto Movimento Sinfônico, retorna aos palcos no dia 26 de setembro, às 17h, sob a regência do maestro Linus Lerner, no anfiteatro do Espaço Cultural João Paulo II- Papódromo, com realização da Fundação José Augusto-FJA. Este será o primeiro evento após a reforma do local, que possui palco, camarim, salas de ensaio, camarote, arquibancadas, banheiros e estacionamento.

A retomada acontece no estilo Soft Opening, ou seja, de maneira controlada e restrita, para garantir a devida segurança requerida pela situação atual. O evento segue as normas de biossegurança, e tem entrada gratuita mediante cadastro pelo Sympla, a partir das 9h do dia 23 (quinta-feira). Os ingressos são limitados (300 unidades).

“Após o mais crítico período da pandemia, a nossa querida Orquestra reencontra presencialmente o grande público através de um concerto especial, que entrega o histórico Papódromo para a sociedade potiguar, mais um espaço resgatado pelo Governo do Estado para abrigar as produções artístico-culturais do RN”, declara o diretor geral da FJA, Crispiniano Neto.

“A vida pulsa ao vivo. Retomar o encontro com o público é reintegrar a missão mais importante da OSRN: levar a música de concerto ao vivo e, presencialmente, para a população do RN”, expressa Tatiane Fernandes, diretora de produção da Orquestra. E, sem dúvida, um momento de expectativas também para o maestro: “Foi um ano e meio de grandes projetos online, pioneirismo de nossa parte no Brasil e, até mesmo, no mundo. Estou muito contente de poder estar de volta e em um novo espaço cultural, com novo palco”, comemora Linus.

No repertório, grandes obras orquestrais. “Escolhemos músicas que mostrem o poder da orquestra tocando de forma presencial novamente, algo que não fazíamos desde o início da pandemia, devido a impossibilidade de nos reunirmos. E também que nos trazem alguma mensagem, a exemplo da música de abertura “La Forza del Destino”, de Giuseppe Verdi. Se alinharmos ao momento atual, remete a reflexão do destino que nos leva às coisas que não controlamos, como a pandemia. E, além disso, pela comemoração dos 180 anos de nascimento de Antonín Dvorák, com a “Sinfonia do Novo Mundo”, representando, aqui, um ‘novo mundo’ que esperamos pós-pandemia”, revela Linus Lerner e acrescenta “podem aguardar música brasileira também”.

Além dessas, estão na programação George Bizet, com a ópera Carmem Suite 1 & 2 (1875); Jules Massenet, em Meditação de Thais (1894), a ser executada pelo solista da OSRN, André Kolodiuk; Batuque (1891), de Alberto Nepomuceno, considerado o pai do nacionalismo na música erudita brasileira e um dos primeiros a empregar elementos do nosso folclore em suas composições; West Side Story Selections (1957), de Leonard Bernstein, inspirada na obra de Romeu e Julieta; Dança Eslava (1878), de Antonín Dvorák e, uma das maiores músicas brasileiras, a bossa nova Garota de Ipanema (1962), composta por Antônio Carlos Jobim e letrada por Vinícius de Moraes.

A Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte tem o Governo do Estado do RN como seu principal mantenedor. A temporada 2021 é realizada através do projeto Movimento Sinfônico por meio do patrocínio via incentivo fiscal da Neoenergia Cosern e Instituto Neoenergia, mediante Lei Câmara Cascudo do Governo do Estado do RN, da Unimed Natal, Hospital do Coração e Prefeitura do Natal, por meio da Lei Djalma Maranhão; Apoio G7 Comunicação. O projeto Movimento Sinfônico é uma realização da OSRN / Fundação José Augusto e da MAPA Realizações Culturais.

Serviço:

Movimento Sinfônico 2021 – Orquestra Sinfônica do Rio Grande do Norte

RETOMADA

Quando: 26 de setembro (domingo)
Onde: Papódromo (no dia do evento, o acesso ao local será pelo portão principal do Centro Administrativo, na BR-101)
Horário: 17h

Ingressos: O público pode reservar ingresso gratuito através do Sympla, a partir das 9h de quinta-feira (23). Será permitido um por CPF.

No dia do concerto, a entrada só será permitida mediante apresentação do voucher e comprovante de vacinação. É obrigatório o uso de máscara no local e aconselhável levar o seu próprio álcool em gel.

A OSRN é sua! Siga nossas redes sociais –

Facebook – @rnsinfonica
Instagram – @rnsinfonica

Deixe um comentário