Ao vivo: CPI da Covid ouve Regina Célia, que autorizou contrato da Covaxin

Alta do diesel surpreende caminhoneiros e líder do CNTRC garante que terá greve
6 de julho de 2021
Verba para combate à pandemia é usada com militares, diz relatório
6 de julho de 2021

Ao vivo: CPI da Covid ouve Regina Célia, que autorizou contrato da Covaxin

Ouça a matéria aqui!

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado ouve, nesta 3ª feira (6.jul.2021), a servidora do ministério da Saúde Regina Célia. Ela autorizou a compra da Covaxin, vacina indiana cujo contrato é alvo da comissão por suspeita de irregularidades.

Assista ao vivo:

Ela foi nomeada para um cargo na Secretaria de Vigilância em Saúde em 2018, quando Ricardo Barros (PP-PR) era ministro. Barros foi apontado por Luis Miranda (DEM-DF) como responsável pelas irregularidades no contrato da Covaxin.

A comissão investiga o uso do dinheiro federal que foi enviado para cidades e Estados, além de supostas omissões do governo federal no combate à pandemia.

Cada integrante da CPI terá 5 minutos para questionar a servidora, que terá 5 minutos para responder. Haverá, se necessário, 3 minutos de réplica e 3 minutos de tréplica.

Segundo o regimento interno da Casa, os 18 integrantes do colegiado têm prioridade para fazer perguntas, embora todos os senadores possam formular questionamentos de 3 minutos.

Eis a agenda da CPI no Senado para a semana:

  • 7 de julho – Roberto Ferreira Dias, ex-diretor do Departamento de Logística em Saúde da Secretaria Executiva do Ministério da Saúde;
  • 8 de julho – Francieli Fantinato, ex-coordenadora do PNI (Programa Nacional de Imunizações) do Ministério da Saúde.
Visualizações: 29

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *