Home PolíticaOposição Coronel Azevedo manda Fátima Bezerra “tomar vergonha”

Coronel Azevedo manda Fátima Bezerra “tomar vergonha”

Por AdrianoSantos
0 comentário 7 visualizações

“Tenha vergonha do que você fala governadora Fátima Bezerra. Respeite os 7 mil potiguares mortos e as milhares de pessoas que ficaram sequeladas que o seu governo deixa por falta de assistência à saúde. O governo federal passou 1 bilhão e 100 milhões de reais para o nosso Estado. E o maior sensacionalismo é você pagar os salários dos seus servidores atrasados com dinheiro do governo federal, que Bolsonaro (sem partido) enviou”.

Foi com esse tom que o deputado Coronel Azevedo (PSC) rebateu no Plenário da Assembleia Legislativa do RN, as declarações feitas pela governadora Fátima Bezerra (PT). A petista, ao explicar a compra frustrada dos respiradores durante a pandemia da Covid-19 no Estado, chamou de “sensacionalismo” as críticas e os ataques que vem sofrendo dos opositores sobre a aquisição dos equipamentos por meio do Consórcio Nordeste, mas que nunca foram entregues, causando o prejuízo de R$ 5 milhões aos cofres públicos do Rio Grande do Norte.

Segundo Azevedo: “Fátima empurra as vacinas compradas pelo governo federal, tirando fotos [e dizendo que foi ela que adquiriu], isso sim é que é sensacionalismo. É dizer que era contra a reforma da previdência e depois enviar para essa casa legislativa, uma reforma que queria prejudicar os mais humildes e beneficiar os poderosos, isso sim é sensacionalismo, Fátima”, acusou.

O deputado estadual reprovou a forma como o governo de Fátima Bezerra conduziu as ações de enfrentamento a pandemia no RN: “A governadora disse que agiu de boa fé. Primeiro, boa fé e PT não combinam. A história demonstra e comprova isso. O governo do PT deixou um rastro de destruição, escândalos de corrupção e desmantelos de repercussão internacional. E no caso dos respiradores, foram R$ 5 milhões de reais que a sua má gestão provocou em calote ao povo do Rio Grande do Norte, inclusive a Polícia Federal esteve aqui afastando a sua secretária-adjunta de saúde [Maura Sobreira] e chama isso de sensacionalismo?”, questionou o Coronel.

Ainda durante o seu discurso, Azevedo afirmou: “Nós chamamos aqui o seu secretário de saúde [Cipriano Maia de Vasconcelos] e ele disse que tinha instalado leitos para o tratamento da Covid-19 em vários municípios do Estado. Eu fui a João Câmara e nem oxigênio tinha lá”, denunciou.

Azevedo enfatizou que a governadora do RN se promove ao “entregar as viaturas mandadas pelo governo federal e dizer ao povo que foi você [Fátima] que comprou e entregou”, finalizou o deputado estadual.

Deixe um comentário