Home Sem categoria Coronel Araújo: Policial pode participar de atos, mas não deve usar farda ou arma

Coronel Araújo: Policial pode participar de atos, mas não deve usar farda ou arma

Por AdrianoSantos
0 comentário 8 visualizações

O coronel Francisco Araújo, titular da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), falou em entrevista ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi, na manhã desta terça-feira 7 e fez uma recomendação sobre os atos programados para o Dia da Independência no Rio Grande do Norte.

Para o secretário, é possível que policiais participem das mobilizações – sejam aquelas contrárias ao governo federal, sejam as manifestações a favor da gestão Bolsonaro. No entanto, é necessário que não sejam usados equipamentos que remetam às forças de segurança pública pelos policiais que estiverem nas manifestações por vontade própria, ou seja, sem trabalhar efetivamente.

“A orientação é que todos os policiais que queiram participar, independentemente de qual ato, não vá usando distintivo, uniforme, nem armas. O livre direito de ir e vir de qualquer cidadão é constitucional”, pontuou Araújo.

Uma série de atos mobilizará as capitais brasileiras neste 7 de setembro, data que o país comemora os 199 anos da Independência Brasileira em relação a Portugal. Em Natal, acontecerão protestos contrários ao governo federal e atos a favor da gestão Bolsonaro.

Formadas principalmente por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), as manifestações desta terça ganharam força após embates do mandatário com o STF (Supremo Tribunal Federal).

Reforço da segurança

O helicóptero Potiguar 1 vai reforçar as medidas de segurança nesta terça-feira, em Natal. A aeronave vai sobrevoar as manifestações que acontecerão em alguns pontos da capital potiguar.

Além da atuação do helicóptero, a pasta ativará durante todo o dia o Gabinete de Gestão Integrada (GGI), que agirá em conjunto com os demais órgãos de segurança do Rio Grande do Norte. O Comando de Policiamento Metropolitano (CPM) informou que os policiais acompanharão de perto os atos por meio de viaturas, em motos, a cavalo e também a pé.

“O Gabinete integra todos os órgãos de segurança pública do RN, como Itep, PM, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Também participará a Guarda Municipal de Natal, STTU, Agência Brasileira de Inteligência, PRF, e MPRN”, afirmou o secretário. “Vamos acompanhar o deslocamento dos movimentos sociais, dando segurança para a população”.

Além da equipe regular, estarão atuando policiais convocados para trabalhar em atividade extraordinária. As delegacias Plantão Norte e Plantão Sul funcionarão normalmente, e haverá mais uma delegacia em Neópolis para ações exclusivas dos movimentos sociais – que funcionará das 8h às 20h no Complexo de Delegacias Especializadas da Polícia Civil (CODEPC), localizado na Avenida Ayrton Senna, no bairro de Neópolis.

Related Articles

Deixe um comentário