Home Sem categoria Conmebol suspende jogo da seleção brasileira depois de intervenção da Anvisa

Conmebol suspende jogo da seleção brasileira depois de intervenção da Anvisa

Por AdrianoSantos
0 comentário 2 visualizações

Segundo agência, jogadores da Argentina violaram regras sanitárias da pandemia

A Conmebol (Confederação Sulamericana de Futebol) anunciou neste domingo (5.set.2021) a suspensão do jogo entre as seleções do Brasil e Argentina, pelas eliminatórias da Copa do Mundo. A partida foi interrompida a pedido da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que chegou a entrar no campo.

A agência afirmou que jogadores argentinos teriam prestado informações falsas sobre viagem à Inglaterra e deixado de cumprir quarentena de 14 dias antes da partida.

A Conmebol afirmou que vai notificar a Fifa sobre o ocorrido.

“Por decisão do árbitro da partida, a partida organizada pela FIFA entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo está suspensa. O árbitro e o comissário de jogo enviarão um relatório ao Comitê Disciplinar da FIFA, que determinará as etapas a serem seguidas. Esses procedimentos obedecem estritamente aos regulamentos atuais”disse a Conmebol, em seu perfil no Twitter. A partida esta sendo realizada na Arena Neo Química, em São Paulo, conhecida como “Itaquerão”.

“As eliminatórias da Copa do Mundo são uma competição da FIFA. Todas as decisões relativas à sua organização e desenvolvimento são da competência exclusiva daquela instituição”, declarou a confederação.

Presidente da AFA (Associação de Futebol da Argentina) Claudio Tapia disse que a seleção argentina cumpriu integralmente os protocolos sanitários. “Não se pode falar de nenhuma mentira aqui porque existe uma legislação sanitária que rege todos os torneios sul-americanos. As autoridades sanitárias de cada país aprovaram um protocolo que temos cumprido integralmente”declarou no perfil da seleção argentina no Twitter. 

“O que aconteceu hoje é lamentável para o futebol, é uma imagem muito ruim. Quatro pessoas entraram para interromper o jogo para fazer uma notificação e a Conmebol pediu aos jogadores que fossem ao vestiário.”

Entenda

Neste domingo, antes da partida, 4 jogadores (Giovani Lo Celso, Cristian Romero, Emiliano Martinez e Emiliano Buendia) foram orientados pela Anvisa para que fizessem quarentena e, depois desse período, deixassem o Brasil.

A agência diz que os jogadores violaram as orientações sanitárias brasileiras para entrada no país. É proibida a entrada no Brasil de viajantes estrangeiros que estiveram no Reino Unido, África do Sul, Irlanda do Norte ou Índia nos últimos 14 dias.

O diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres, afirmou à TV Globo durante a transmissão do jogo que os jogadores “serão autuados e multados por uma sequência de infrações sanitárias”, além de deportados para a Argentina.

Segundo Torres, as infrações cometidas seriam:

  • os jogadores terem prestado informações falsas (sobre viagem à Inglaterra);
  • descumprido quarentena de 14 dias;
  • participado do jogo.

Se quisessem jogar a partida contra a seleção brasileira, os 4 jogadores do país vizinho teriam de ter procedido da seguinte maneira:

  1. declarado que estiveram no Reino Unido nas últimas 2 semanas;
  2. feito quarentena de 14 dias já no Brasil;
  3. não terem visitado Reino Unido, Irlanda do Norte, África do Sul e Índia nos últimos 14 dias.

Como os 4 jogadores atuam na Inglaterra, teriam de se afastar de seus clubes temporariamente para cumprir a norma brasileira.

Related Articles

Deixe um comentário