Brasil aplicou 1ª dose da vacina contra a covid em 40,1% da população

Militares usaram R$ 4 mi para combate à covid de forma indevida, diz TCU
14 de julho de 2021
Filho de Arthur Lira recebe milhões por intermediar contratos de publicidade que envolvem governo Bolsonaro
14 de julho de 2021

Brasil aplicou 1ª dose da vacina contra a covid em 40,1% da população

Ouça a matéria aqui!

O Brasil aplicou a 1ª dose de vacinas contra a covid-19 em 85.574.158 pessoas até às 21h30 de 3ª feira (13.jul.2021). Dessas, 31.562.096 receberam a 2ª dose ou dose única e estão imunizados. Ao todo, 117.136.254 doses foram administradas no país.

O dado é da plataforma coronavirusbra1, que compila dados das secretarias estaduais de Saúde.

O número de vacinados com ao menos uma dose equivale a 40,1% da população, conforme a projeção de habitantes para 2021 feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Os que receberam as duas doses ou dose única são 14,8%.

Dos que tomaram a 1ª dose, 34% já receberam também a 2ª e estão imunizados.

As vacinas que estão sendo aplicadas no Brasil com duas doses são a CoronaVac, Oxford/AstraZeneca e a da Pfizer. O país iniciou a imunização com a vacina da Janssen, que requer apenas uma dose.

O Rio Grande do Sul é a unidade federativa com o ritmo mais avançado da vacinação, com aplicação da 1ª dose em 47,3% da população.

Já o Amapá é o estado com o ritmo mais lento de imunização –25,4% dos habitantes recebeu a 1ª dose.

Eis os números de vacinados por Estado:

Os dados mostrados nesta reportagem são da plataforma coronavirusbra1, mantida por Carlos Achy, Leonardo Medeiros, Wesley Cota e voluntários, que compilam os números de vacinação divulgados pelas secretarias estaduais de Saúde.

O Ministério da Saúde também dispõe de uma plataforma que divulga dados sobre a vacinação: o Localiza SUS. Contudo, os números demoram mais para ser atualizados.

A plataforma do ministério depende de Estados e municípios preencherem os dados –de acordo com os critérios do governo federal– e enviarem à pasta. Quando uma dose é aplicada, as cidades e os Estados têm 48h para informar ao ministério. Mas nem sempre esse prazo é seguido.

O dado publicado pelo Blog é maior que o do Localiza SUS, por que os desenvolvedores da plataforma coronavirusbra1 compilam os números de cada uma das secretárias estaduais, e as informações divulgadas diretamente por essas são mais atualizados.

Visualizações: 131

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *