Bolsonaro diz que “afrodescendentes não são minoria” no Brasil

Documentos mostram que Inep marcou prova do Enem 2021 para janeiro de 2022
maio 14, 2021
TCU dá 72h para Saúde explicar exclusão de nota que recomendava cloroquina
maio 14, 2021

Bolsonaro diz que “afrodescendentes não são minoria” no Brasil

Ouça a matéria aqui!

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 5ª feira (13.mai.2021), data que marca a abolição da escravatura no Brasil, que a população afrodescendente não é minoria no país. Em live nas redes sociais, Bolsonaro também afirmou que o Estado da Bahia é composto por “80%, pelo menos” por pessoas afrodescendentes.

O pessoal tenta usar minorias… Se bem que, com todo respeito, afrodescendentes não são minoria no Brasil, são maioria. Na Bahia, vou chutar, deve ser 80% lá pelo menos. E outra, tem alguma diferença entre nós dois, Hélio?”, disse, acompanhado do deputado Hélio Lopes (PSL-RJ), que é negro.

O presidente citou que “o Brasil viveu momentos difíceis até dois séculos atrás [com a] escravidão, entre outras coisas”. O dia 13 de maio marca a sanção, em 1888, da Lei Áurea. Nesta 5ª feira, manifestantes realizaram ato na Avenida Paulista, em São Paulo, contra a discriminação racial e os abusos policiais.

Mas, hoje em dia você se sente perfeitamente integrado a sociedade, tudo em paz?”, perguntou Bolsonaro a Hélio Lopes, conhecido como Hélio Negão. O deputado respondeu que estava “tudo em paz” e afirmou: “Acho que a verdadeira abolição tem que ser dessa ideologia de achar que o negro é patrimônio da esquerda”.

Algum movimento negro te cumprimentou?”, questionou o presidente, em referência a data de hoje. Recebendo uma resposta negativa, acrescentou: “Porque você é negão e meu peixe, não é isso? Se fosse um afrodescendente com ideias retrógradas teria sido cumprimentado”.

Na live, o presidente disse que “não tinha diferença” entre ele e o deputado. O chefe do Executivo afirmou que Hélio Lopes é seu “irmão” e que o ajuda “para caramba no Parlamento”. Em declarações anteriores, o presidente chegou a se referir ao deputado como sua “sombra“.

Visualizações: 78

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *