Home Política2022 Após falhas, PSDB quer concluir prévias até domingo

Após falhas, PSDB quer concluir prévias até domingo

Por AdrianoSantos
0 comentário 12 visualizações

OPSDB pretende concluir até o próximo domingo (28) o processo de prévias para a escolha do candidato tucano à Presidência, abrindo a possibilidade de um plano B. As prévias foram suspensas no domingo (21), após falhas no sistema de votação por aplicativo. O problema técnico provocou muita tensão e troca de acusações entre os concorrentes, escancarando o racha no partido.

A ideia é contratar outra empresa para terminar a eleição interna, caso não haja segurança de que o atual sistema vá funcionar. Dos 44.700 filiados inscritos para votar, menos de 4 mil conseguiram escolher o candidato por causa da instabilidade no sistema.

O prazo adicional foi estabelecido durante reunião entre dirigentes do PSDB e as campanhas dos governadores de São Paulo, João Doria, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. O ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio não enviou representantes, mas, assim como Doria, apoiou a decisão anunciada pelo presidente do PSDB, Bruno Araújo. Ao fim do encontro, no entanto, Leite disse que não havia acordo para que as prévias terminassem no domingo e defendeu o encerramento da votação.

Em nota, o PSDB informou que ainda aguarda manifestação da Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Faurgs), empresa responsável pelo aplicativo de votação. “Se até esta terça-feira (hoje) ela não oferecer garantias concretas de viabilidade e robustez da solução contratada, o PSDB adotará tecnologia privada para concluir o processo de prévias”, informou o partido. “Em qualquer alternativa, a integridade do processo eleitoral será rigorosamente observada.”

Uma das hipóteses prováveis é que, ao longo da semana, os grupos de filiados sejam divididos e passem a votar de forma escalonada. As datas ainda não foram divulgadas, mas a intenção das campanhas é de que parlamentares federais, estaduais, prefeitos, governadores, vice-prefeitos e vereadores votem ao longo da semana e os filiados, no domingo.

Eduardo Leite negou que tenha participado do acordo para a retomada da votação. “Eu estava numa sala à parte”, disse o governador. “Havia participação de representantes [da campanha], mas não foi dada condição para qualquer tipo de acordo porque, como eu disse, eu sequer tomei conhecimento. Você só pode dar acordo sobre aquilo que você conhece”, disse. 

O presidente nacional do partido, Bruno Araújo, confirmou o acordo.

Repercussão
O presidente estadual do PSDB, deputado Ezequiel Ferreira lamentou que o aplicativo “não tenha funcionado como planejado, deixando quem não votava presencial ainda mais ansioso para exercer seu direito”.

Ezequiel Ferreira permanecia ontem em Brasília, acompanhando as discussões internas do partido sobre a definição de nova data para reabertura do processo de votação, “para que todos os filiados que não puderam votar no domingo possam, com tranquilidade e segurança, registrar o seu voto”.Ele reforçou que “todos os votos registrados desde a abertura da votação neste domingo estão válidos e serão computados”. 

Filiados do partido que não foram a Brasília, não puderam votar no domingo de forma virtual, como o deputado Raimundo Fernandes e José Dias, mas presencialmente, votaram os deputados Gustava Carvalho e Tomba Farias, que apoiam Dória e o prefeito de Natal, Álvaro Dias, que apoia Eduardo Leite.

Mesmo com a paralisação das prévias, Ezequiel Ferreira disse que o PSDB “dava mais uma vez um exemplo de democracia e de respeito ao povo brasileiro. Com amplo apoio dos membros da legenda no nosso RN escolheremos um representante à altura dos desafios do país e, mais uma vez, nosso partido está preparado para ser protagonista dos debates sobre o futuro da nação”. 

Para Ferreira, “quem ganha com as prévias é o Brasil. Vale lembrar a decisão da Executiva Estadual tomada em outubro, no entendimento de que João Dória é, dentre os postulantes nas prévias nacionais, o melhor candidato para retomar o desenvolvimento do país, preservar a democracia e estabelecer políticas públicas voltadas aos mais vulneráveis”.

Segundo o deputado Ezequiel Ferreira, o PSDB-RN “mostrou sua grande garra e força nas prévias. Prefeitos, vices, deputados e representantes dos movimentos sociais formaram a terceira maior caravana tucana do país”. 

Na avaliação de Ferreira, “esta mobilização nos enche de orgulho. Atualmente, temos a maior bancada na Assembleia Legislativa. Com este trabalho para as prévias, o PSDB vai ampliar sua capilaridade no Estado. Queremos filiar prefeitos e vices em várias regiões do Estado. Também vamos receber nomes novos que disputarão as eleições 2022”. 

O presidente da Assembleia afirmou que “estamos em conversas com outros deputados e faremos a maior nominata para a Assembleia Legislativa. Serão 17 candidatos homens e oito mulheres formando 25 nomes de peso. E vamos buscar nossa representação na Câmara dos Deputados”.

A TRIBUNA DO NORTE procurou o prefeito de Natal, Álvaro Dias, que também estava em Brasília, acompanhando as prévias do PSDB, mas não obteve retorno.

Bruno Araújo lamenta e anuncia novas avaliações
O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, também lamentou que, nos últimos meses, “de forma exaustiva, toda equipe que faz o PSDB preparou com muito carinho e enorme dedicação uma festa para no último domingo escolhermos o primeiro candidato à Presidência com a participação de todos os filiados”.

Bruno Araújo afirmou que na manhã de hoje técnicos do partido vão fazer um teste para verificar se haverá possibilidade de retomar a votação por meio do aplicativo.

“É antes de tudo uma aposta na democracia. Eu mesmo, como voluntário do partido, tenho me dedicado integralmente ao projeto”, dizia Bruno Araújo.Porém, ele explicou que “um problema técnico no aplicativo desenvolvido para as prévias nos obrigou a não concluir uma comemoração que começou bonita pela manhã”, no domingo (21)

“Várias instituições e empresas de tecnologia, todas muito respeitadas, participaram da concepção e estão envolvidas no processo de correção da falha para que a votação continue”, declarou Araújo, que finalizou em nota: “Todas as nossas energias estão concentradas para você que ainda não votou escolha quem será seu candidato à presidência da República. Contem com o nosso total e absoluto empenho para concluirmos a votação o mais rápido possível”.

Após o pré-candidato e governador do Rio Grande do Sul,  Eduardo Leite, negar que tenha participado do acordo para a conclusão da votação nas prévias até o próximo domingo, Araújo afirmou que conversou “pessoalmente” com ele.

“Pode até ter havido uma mudança de posição [de Leite], mas obviamente eu não sou nenhum leviano para, com a responsabilidade que tenho e com tudo que isso que nós estamos vivendo, estar fazendo qualquer tipo de entendimento desse sem ter conversado”, disse o presidente do PSDB.Até ontem à noite, ainda havia divulgação oficial do PSDB sobre o motivo que causou a instabilidade no aplicativo.

Ao todo, 44,7 mil pessoas se cadastraram para votar nas prévias do PSDB. O partido previa que 700 mandatários (governadores, deputados, senadores e outros) votassem presencialmente, em urnas instaladas em um centro de convenções em Brasília, e que os demais votos fossem dados por meio do aplicativo.

No entanto, os usuários reclamaram de falhas na plataforma. Entre os problemas identificados, foram relatados erros no momento em que se tentava fazer o reconhecimento facial. 

Related Articles

Deixe um comentário