Home Sem categoria Ex-apoiador indignado manda Bolsonaro à merda: “frouxo, covarde”; veja vídeo

Ex-apoiador indignado manda Bolsonaro à merda: “frouxo, covarde”; veja vídeo

Por AdrianoSantos
0 comentário 0 visualizações

Jackson Vilar, presidente da Embaixada do Comércio do Brasil, afirmou ainda: “Aqui em São Paulo nós temos um calça apertada e em Brasília nós temos um calça frouxa”

O até então bolsonarista e presidente da Embaixada do Comércio do Brasil, Jackson Vilar, gravou vídeo onde se manifesta de maneira furibunda após a “arregada” do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) nesta quinta-feira (9). Nele, o líder de extrema-direita afirma que “em São Paulo nós temos um calça apertada e em Brasília nós temos um calça frouxa”.

“Olá, meus amigos patriotas. Aqui em São Paulo nós temos um calça apertada e em Brasília nós temos um calça frouxa. Um traidor da pátria chamado Jair Messias Bolsonaro. Essa é a verdade”, disse.

Jackson afirmou ainda: “Nós estamos aí vendo pessoas sendo presas no Brasil. Patriotas dando a vida, caminhoneiros, o Zé Trovão, fora do país, coitado, três filhos adolescentes. Jogou a sua liberdade fora pra defender o país, um presidente ao qual traiu a classe do Zé trovão, os caminhoneiros”, bradou. “Um que hoje grava um vídeo mandando recuar. Espera aí, eu fui processado aqui em São Paulo várias vezes por um governador defendendo o Bolsonaro, mas agora eu te digo: eu não acredito em Bolsonaro mais”, exclamou.

“Pode me chamar de traidor do que você quiser, canalha”, afirmou se referindo a Bolsonaro. “Zé Trovão e Alexandre de Moraes, soltem todos os que foram presos enganados por Bolsonaro. Todos foi enganado por esse traidor (sic) que quer andar de helicóptero do Exército, quer ver gente aplaudindo dizendo o nome. Eu vou queimar minha camisa com o nome Bolsonaro. Você não merece respeito Bolsonaro. Você traiu os motociclistas, os caminhoneiros, você traiu o seu povo porque você é um frouxo covarde. É isso que você é. Você não tem coragem de assinar um papel, cara”, acusou.

“Olha aqui, Bolsonaro, eu te apoiei até hoje. A partir de hoje quero que você vá a merda”, sentenciou.

Related Articles

Deixe um comentário