Home EsporteBrasileirão América terá segurança reforçada

América terá segurança reforçada

Por AdrianoSantos
0 comentário 8 visualizações

O América estima que irá gastar em torno de R$ 5 mil extras apenas com ações preventivas para proteger a delegação do clube na Paraíba.

A ação do grupo de arruaceiros que tentou agredir membros da delegação do Campinense, no último sábado, acirrou o clima para a partida de volta, na Paraíba, onde existe o receio de alguma retaliação por parte dos torcedores adversários.

O presidente do clube, Ricardo Valério, acompanhado do deputado estadual Hermano Morais,  fez uma visita ao secretário de Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), coronel Francisco Araújo, para tratar de um acordo de cooperação firmado entre o Rio Grande do Norte e a Paraíba, na finalidade de garantir um reforço na segurança durante a estada da delegação potiguar no estado vizinho.

Com relação ao ato praticado horas após o encerramento do primeiro jogo entre os clubes, em Natal, já foi instaurado um inquérito policial e o representante da comissão que fiscaliza a implementação do Estatuto do Torcedor no RN, Luiz Eduardo Marinho, enviou ofícios para saber se os agressores são ligados a alguma torcida organizada, uma vez que a Polícia Militar conseguiu chegar ao local a tempo de prende três agressores em flagrante. O promotor está apenas aguardando a resposta aos ofícios para tomar as medidas necessárias, o que deve ocorrer no dia de hoje.

Desde de domingo, que Ricardo Valério vem trabalhando na montagem da logística da delegação alvirrubra em Campina Grande. Apesar de ter emitido nota de repúdio no mesmo dia do ocorrido e ter prestado todo apoio à delegação do Campinense em Natal, além de ter mantido contatos constantes com a diretoria rubro-negra, que prometeu total apoio ao América no jogo da volta, uma vez que fora o fato isolado, todos foram muito bem tratados na capital potiguar, o presidente americano achou pertinente pedir apoio oficial.

“Nos contatos que tenho mantido com a diretoria do Campinense, todos reconheceram que foram muito bem tratados em Natal e que a agressão foi um fato isolado. Mas essa questão de rivalidade entre torcida foge do controle das diretorias e não sabemos se haverá algum tipo de revanche. O máximo que podemos fazer é solicitar reforço na segurança, uma vez que o clima ficou acirrado fora das quatro linhas. Estou certo de que iremos receber apoio do policiamento em Campina Grande desde a nossa chegada, até sairmos da cidade”, afirmou o dirigente alvirrubro.

A programação do clube não será revelada, mas se existe um consenso é que o elenco não deverá deixar para realizar nenhum tipo de treinamento em Campina Grande, onde deveria utilizar as acomodações do Treze-PB. Como o departamento de competições da CBF, responsável pelo transporte e hospedagem das equipes na Série D, não oferece maiores opções, até sexta-feira a equipe potiguar deverá seguir para o local da partida.

“Sabemos que o clima deverá ser hostil e tentamos algumas alternativas junto a CBF, principalmente em questões relativas à hospedagem da nossa delegação. Mas como tudo lá é muito engessado só temos as opções de hotéis oferecidos em Campina Grande ou João Pessoa. A ideia seria até ficar numa cidade mais próxima, mas a CBF não permite, nem com o América se responsabilizando pelo pagamento da estada, com a promessa de ressarcimento num futuro próximo. Só nos resta escolher a melhor alternativa agora”, afirmou Ricardo Valério.

O maior problema de uma concentração na capital paraibana é o tempo de viagem até Campina Grande, em torno de duas horas, o que segundo os membros da comissão técnica não seria ideal, principalmente em se tratando de uma partida onde estará em jogo o acesso para Série C, uma vez que pelo tempo de viagem no ônibus, a questão pode refletir negativamente no condicionamento físico dos atletas.

Renatinho tem problema para definir a equipe,uma vez que não poderá contar com o goleiro Samuel Pires e ainda aguarda por um melhor condicionamento dos atacantes Max e Alvinho.

Ontem a assessoria de imprensa divulgou nota para informar que o treinamento de hoje não será de portões abertos: “Diferente do que está sendo anunciado nas redes sociais, o treinamento de amanhã (14) não será aberto para a torcida devido a obrigatoriedade do clube em seguir com o protocolo sanitário regido pela Secretaria Estadual de Saúde, FNF e CBF. O América Futebol Clube entende a intenção e motivação da Nação em acompanhar o treinamento, mas se faz necessário o cumprimento protocolar e pedimos compreensão de todos neste momento de concentração total e foco na decisão de sábado”.

O clube também já sabe quem será seu adversário no primeiro jogo de mata-mata na busca pelas quatro últimas vagas na fase de grupos da Copa do Nordeste em 2022. Será o  o Moto Club-MA que bateu o Retrô-PE por 3×2 e enfrentará o Alvirrubro potiguar em duelo que ocorrerá na Arena das Dunas, ainda sem data.

Related Articles

Deixe um comentário