Home EsporteBrasileirão ABC goleia Caxias por 3×0 e sobe para Série C do Brasileirão

ABC goleia Caxias por 3×0 e sobe para Série C do Brasileirão

Por AdrianoSantos
0 comentário 10 visualizações

O time agora enfrenta o Aparecidense na próxima fase da Série D.

O ABC conseguiu o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro diante do Caxias/RS,  na tarde desse domingo (17), no Frasqueirão. A vitória por 3 a 0 deixou a Frasqueira em festa.

Desde muito cedo a torcida abecedista se movimentou e ocupou parte das dependências do estádio do clube. A vela festa da torcida, no entanto, deixou de observar algumas medidas do protocolo de saúde contra a COVID-19. O não uso de máscara e a desobediência ao distanciamento foram os erros mais comuns.

Moacir Júnior optou por escalar o Alvinegro de forma ofensiva. Sem poder contar com o volante Valderrama, suspenso, Marcos Antônio, meia, foi para o jogo. Na zaga, Alexandre fez testes e foi escalado na vaga de Suéliton, também suspenso.

O ABC, como sempre faz em casa, marcou pressão desde os primeiros minutos. Aos 9 minutos veio a primeira boa chance. Wallyson fez uma grande jogada, se livrou de dois e deu na medida para Allan Dias. O camisa 10 tinha a chance clara para chutar, mas preferiu o passe e errou.

Aos 14 uma cobrança de escanteio ensaiada gerou duas oportunidades seguidas para o time da casa. Na primeira Negueba chutou e o goleiro defendeu. No rebote, Allan Dias mandou em direção ao gol, mas a bola desviou no meio do caminho. O time pediu penalidade, mas a arbitragem mandou seguir o jogo.

Aos 18 minutos Felipinho errou duas vezes. Na segunda entregou no pé de Matheuzinho. O camisa 10 dominou e mandou um chutaço em direção ao gol. Welligton saltou e desviou para escanteio.

Aos 29 minutos polêmica em campo. A zaga do Caxias recuou mal. Gustavo Henrique se antecipou ao goleiro e acabou sendo trombado. O árbitro Sávio Sampaio deu falta do atacante e gerou uma gigantesca reclamação por penalidade.

Depois desse lance o Alvinegro ainda pressionou, rondou o gol do goleiro Marcelo Pitol, mas errou nas conclusões e a partida terminou mesmo 0 a 0 no primeiro tempo.

Segundo tempo

As duas equipes voltaram para o segundo tempo decisivo sem mudanças promovidas pelos treinadores. Os problemas pelo lado esquerdo do ABC continuaram com Felipinho e Marcos Antônio abaixo da média.

No entanto, pela direita o time ia bem. Netinho fez uma grande jogada e cruzou. Felipinho mandou a bomba que desviou em Gustavo Henrique e foi para o fundo das redes aos 4 minutos de jogo.

O gol deixou o time do Caxias desesperado em busca do empate. O time gaúcho adiantou o meio de campo e passou a pressionar. O ABC, de forma errada, começou a “apesar” para os chutões, deixando o adversário mais tempo com a posse de bola.

No entanto, aos 25 minutos o Alvinegro tirou o grito de gol da garganta mais uma vez. Jogada rápida pela esquerda. Wallyson puxou para o meio, “encheu o pé” e acertou o cantinho do gol de Pitol. Na comemoração, o atacante tirou a camisa e tomou o cartão amarelo.

Aos 37 minutos Marcelo Pitol realizou dois “milagres”. Primeiro ele salvou o gol do Negueba. Depois, no chão, evitou que a bola entrasse no chute a queima roupa de Felipe Manoel.

Aos 50 minutos veio o gol que sacramentou o acesso do ABC para a Série C do Campeonato Brasileiro. Negueba tabelou com Wallyson e, girando sobre o zagueiro, marcou o terceiro gol na partida, fechando o placar.

Related Articles

Deixe um comentário